Gestão pública 4.0! | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

ARTIGOS Sexta-feira, 26 de Outubro de 2018, 11h:33 | - A | + A




Gestão pública 4.0!

Gestão pública 4.0!

O que é o conceito 4.0? Conceito na área industrial proposto recentemente e que engloba as principais inovações tecnológicas nos campos da automação, controle e tecnologia da informação, aplicadas aos processos de manufatura. A partir de Sistemas Cyber-Físicos, Internet das Coisas e Internet dos Serviços, os processos de produção tendem a se tornarem cada vez mais eficientes, autônomos e customizáveis.
Isso significa um novo período no contexto das grandes revoluções industriais, comerciais e da prestação de serviço .
Já a Gestão Pública é responsável pelo desenvolvimento urbano e econômico de uma cidade, precisa se conectar a essa nova realidade, se aprimorar e se tornar uma Gestão Pública 4.0, que nada mais é , gestão publica mais qualificada e efetiva na vida da população.
Entretanto, para que haja eficiência na administração e gestão de um município, há que se estabelecer a organização, criar missões correspondentes ao desenvolvimento que se almeja alcançar para, enfim, realizar a gestão de forma eficiente e eficaz.
A máquina pública da maioria dos poderes ainda é feita para não funcionar haja vista a baixa qualidade dos serviços oferecidos, gestores desmotivados e pastas que não desenvolvem sua atividade fim.

Assim, nos deparamos com secretarias municipais, estaduais e ministérios que não fazem seu mister. Hoje as secretarias macro de um governo gastam 50% ou mais do seu tempo e recurso, mediando problemas com recursos humanos, obras e outros, ou seja, diversa da atividade fim.

Essa situação parece ser comum e permear praticamente toda a administração e serviços públicos no país. Porém, há esperança de mudança.

Por outro lado, estamos vivendo um momento ímpar no setor público, servidores que não ficam apenas reclamando ou culpando as más condições de trabalho que, embora reais, não podem ser um obstáculo intransponível.
Em sete meses à frente da Secretaria de Educação da Capital, a maior secretaria municipal do estado de Mato Grosso, com 52 mil usuários diretos, além dos quase 9 mil servidores e 170 prédios públicos, que compõem sua mega estrutura, pude perceber que a grande maioria dos servidores fazem Educação por amor e dedicação .
A gestão atual recebeu uma estrutura física dos anos 90, onde os alunos não podem assistir aulas por que o telhado está caindo ou por causa das chuvas tem que deixarem suas salas. Quando estão nas salas, os ventiladores estão estragados e outras dezenas de problemas estruturais, além de profissionais desmotivados, com autoestima baixa.
A missão que o prefeito me outorgou, ao assumir a Secretaria de Educação, se traduz em uma frase, “quero ver nossos profissionais e alunos com orgulho de pertenceram à Rede Pública Municipal de Ensino de Cuiabá”.
Somos sabedores de que temos ainda um longo caminho pela frente, porém o projeto precede a execução, não existe outra regra.
Após meses de estudos e pesquisas, a valorosa equipe gestora da SME, sob minha liderança, criou programas que serão lembrados e renomeados por gestores que vierem a nos suceder e pelas famílias que dependem do nossos serviços .
Cito alguns deles;
- O ‘Climatizar é Humanizar’, que instalará ar condicionado em todas as unidades de ensino;
- O programa ‘Energia Verde’, energia limpa e renovável nas unidades escolares;
- A Clínica do trabalhador da Educação;
- Lei Orgânica do servidor, que consagrará o maior programa de valorização do profissional da Educação , com vários benefícios entre eles, ganho salarial inédito em toda a história, com investimento em salários que ultrapassará a quantia de R$ 200 milhões em 5 anos;
- Ampliação em 200% do Programa esportivo ‘Bom de bola bom de escola’;
- Ampliação do atendimento no programa de Ecoterapia em 200% ;


- Programa de alimentação consciente e saudável, com padrão de qualidade na alimentação invejável;
- Revitalização das unidades de ensino;


- Criação de pelo menos 1500 vagas nos próximos anos para educação infantil;
- Programa pedagógico “inteligência emocional” do renomado escritor Augusto Cury;
- Programa “Aprender”, material e sistemática de ensino da cidade de Sobral, cidade campeã por 5 anos no IDEB;
- Contratação de quase 900 Cuidadores de Alunos com deficiência, consagrando a capital como referência em educação especial
Entre tantos outros que precisaria de mais dois artigos para nomear todos.

Só reclamar e esperar que os dirigentes façam algo diferente não vai nos levar a uma situação melhor. Vejo isso nas nossas unidades de ensino. A grande maioria mantém o atendimento ao público, a estrutura física e aplicação dos projetos de forma responsável e perfeita, já alguns poucos, nem tanto, mesmo todos recebendo a mesma estrutura e atenção.
Há meses atrás, o IDEB foi publicado e, pasmem, as cinco melhores unidades pontuadas são justamente aquelas que suas estruturas físicas estão necessitando de intervenções severas, ou seja , quando se quer fazer , não existe obstáculo que não seja intransponível.
Tenho certeza que nestes poucos menos de sete meses, já contribuí com a gestão do prefeito Emanuel Pinheiro, honrando sua gestão e suas metas e ainda com a sociedade e com os profissionais da rede municipal de Educação.

 

Alex Vieira Passos é advogado, empresário e atual Secretário Municipal de Educação da capital

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários