Andarilho nega ameaça e diz que menino se assustou com sujeira | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

CIDADES Quinta-feira, 09 de Agosto de 2018, 12h:48 | - A | + A




INVESTIGAÇÃO

Andarilho nega ameaça e diz que menino se assustou com sujeira

Por: Redação

O andarilho Antônio Carlos de Oliveira Bernardo, preso pela Polícia Militar (PM) na tarde de quarta-feira (8) após ser acusado de ter ameaçado menino de 8 anos no pátio da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho, prestou depoimento na Polícia Civil (PJC). Sobre o caso, também é investigada a suspeita de estupro. Ele afirma que a criança se assustou com a sujeira em seu corpo.

Na Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), o homem contou viver em situação de rua e disse que todos os dias frequentava a comunidade, já que os representantes da igreja lhe davam comida e roupas.

O suspeito afirma que, no momento em que o menino gritou, lavava as mãos no banheiro.

Conforme relatado, a criança abriu a porta de um dos boxes (área de sanitários) e ao se assustar com a presença do andarilho, apresentou nervosismo. O motivo do grito, conforme o depoimento, seria pelo suspeito estar sujo.

Antônio Carlos supostamente tentou acalmar o menino. Rapidamente o coroinha entrou no local e retirou a criança do banheiro.

Ainda no depoimento, o suspeito afirmou que já foi internado por 5 vezes para tratamento psiquiátricos.

Conforme a Polícia Civil, as declarações serão confrontadas com demais atos de investigação, oitivas de testemunhas, familiares, imagens das câmeras de segurança e exame psicossocial a ser realizado no menino.

Em relação às imagens em vídeo da ocorrência, a Polícia Civil ressalta que não se responsabiliza por sua distribuição. A Instituição esclarece que sua conduta é a de não expor vítimas, especialmente crianças, envolvidas em qualquer natureza de crime, assim como mulheres adultas vítimas de violência doméstica.

O caso

O caso foi registrado no último domingo (5). Porém, o fato começou a circular nas redes sociais na terça-feira (7).

O padre se deslocou até a Deddica, na segunda-feira (6), para informar que um menino de 8 anos teria ido ao banheiro sozinho e, logo em seguida, as testemunhas ouviram gritos de socorro.

Nas imagens, é possível observar que um corinha corre em direção ao banheiro e depois sai com a criança do lado.

Em depoimento, o padre contou que a vítima estava bastante assustada e disse que um homem o seguiu, entrou no banheiro e ameaçou matá-la. O garoto resolveu gritar e pedir por ajuda.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários