Haitiano chama a polícia após achar ossada humana em terreno no Centro de Rondonópolis | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 20 de Março de 2019

CIDADES Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018, 09h:39 | - A | + A




POLÍCIA

Haitiano chama a polícia após achar ossada humana em terreno no Centro de Rondonópolis

Por: Redação

Uma ossada humana foi encontrada nesse domingo (21) na região central de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, um haitiano, que é morador de rua, foi quem encontrou a ossada coberta por um colchão.

A polícia investiga se os restos mortais são de um morador, de 35 anos, que está desaparecido há mais de um ano.

 
Ossada humana foi encontrada no Centro de Rondonópolis nesse domingo — Foto: DivulgaçãoOssada humana foi encontrada no Centro de Rondonópolis nesse domingo — Foto: Divulgação

Ossada humana foi encontrada no Centro de Rondonópolis nesse domingo — Foto: Divulgação

 

A ossada estava em um terreno na Avenida Marechal Rondon, nos fundos de uma igreja evangélica.

Os policiais militares e peritos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram ao local e encontraram perto da ossada alguns documentos e currículos dentro de uma pasta.

A PM ligou para um telefone que estava nesses documentos. A pessoa que atendeu é a irmã do homem que está desaparecido há mais de um ano. A ossada foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML). Exames devem apontar se, de fato, a ossada é dessa pessoa desaparecida.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
5 vereadores estão por trás de protesto
Estudante aterrorizou colegas no WhatsApp
Silval pode conseguir o regime semiaberto
Parlamentar gasta R$ 65 mil/mês sem prestar contas
Nomes inflacionam disputa pelo comando da capital

Últimas Notícias
19.03.2019 - 20:34
19.03.2019 - 18:32
19.03.2019 - 17:03
19.03.2019 - 15:51


Do Bolsonaro com sua apologia ao ódio e às armas

Dos jogos de vídeo game violentos

Dos pais que não deram a devida criação

Dos próprios assassinos que eram perturbados



Informe Publicitário