Prédio do Procon tem rachaduras, e corre risco de desabamento e incêndio | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

CIDADES Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018, 09h:01 | - A | + A




PERIGO

Prédio do Procon tem rachaduras, e corre risco de desabamento e incêndio

Por: Redação

A sede do Procon estadual, localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA), em Cuiabá, corre risco de incêndio e desabamento. Um relatório técnico de maio da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), recomenda a imediata desocupação.  Parte do documento explicita que as vigas de sustentação da unidade estão em fase de ruptura, devido às infiltrações. 

Os servidores, no entanto,  só tiveram acesso ao laudo na última quarta-feira (10), 5 meses depois de sua elaboração. De acordo com a presidente do Sindicato dos Conciliadores de Defesa do Consumidor (Sindcon), Cristiane Vaz, a superintendência do órgão afirmou que  a demora no anúncio das irregularidades se deu por conta do período eleitoral.  

 

"O laudo está datado de 24 de maio de 2018 e foi guardado a 7 chaves a fim de não prejudicar o pleito eleitoral do governador Pedro Taques (PSDB). Ao tomar conhecimento do laudo e dos motivos da omissão, os servidores ficaram revoltados por serem expostos a risco de vida, uma vez que as condições de trabalho e salubridade há muito tempo vêm sendo questionadas pelo sindicato", disse.

O laudo pericial, ao qual a reportahem teve acesso, aponta que os problemas do prédio são, em sua maioria, referentes a infiltrações e instalações elétricas.   

 

As infiltrações, de acordo com o relatório, se deve à falta da impermeabilização da laje, bem como a ausência de rufos para passagem das águas da chuva. Ainda, constatou-se a presença de rachaduras e fissuras na parede, decorrentes de vibrações e variações térmicas.   

 

Quanto às instalações elétricas, notou-se a presença de fiações expostas, lâmpadas queimadas, sobrecarga de tomadas, cabos de telefonia em péssimas condições, ares condicionados fora de utilização por falta de manutenção ou vida útil vencida e, por fim, roedores nos forros que podem roer as instalações.   

 

"Entendemos necessário notificarem o condomínio e realizar os reparos necessários no local de forma urgente e ao mesmo tempo sugerimos a imediata desocupação do local pelos funcionários até a resolução dos problemas. O próximo período chuvoso pode agravar ainda mais a situação", diz trecho do documento. Clique aqui e veja a íntegra do laudo de 64 páginas.

o

 

 

Outro lado 

 

Em relação à estrutura do prédio da sede da Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon-MT), a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos esclarece: 

 

1 - Um relatório de vistoria preliminar e visual foi produzido em maio deste ano a fim de subsidiar processo de locação de outro imóvel com melhores condições,  a fim de atender a necessidade da Superintendência. Esse relatório não é um laudo de vistoria, pois não foram realizadas análises estruturais aprofundadas. 

 

2 - A Defesa Civil estadual e municipal realizaram na semana passada uma vistoria estrutural do espaço e o laudo está sendo finalizado para entrega à secretaria. Adiantamos que não foi detectado risco iminente de desabamento do prédio, pois em caso contrário, o espaço teria sido interditado. 

 

3 - O principal problema detectado no prédio é a infiltração no teto e paredes que vem do andar acima do Procon, cuja  responsabilidade é  da administração do prédio, uma vez que os demais andares da edificação são de propriedade privada, não pertencendo ao Estado. A Secretaria já encaminhou, via Procuradoria Geral do Estado, notificação para que o condomínio responsável pelo prédio tome as providências necessárias. Sem a resolução dessa infiltração, qualquer outro serviço de reparo torna-se inócuo. 

 

4 - Está em andamento um processo de locação de um imóvel para instalação do Procon. Contudo, os imóveis visitados até agora não atendem as necessidades de espaço e acessibilidade para o órgão. 

 

Paralelo a isso, a Secretaria de Justiça também está buscando dentre os imóveis próprios do Estado um que possa abrigar o Procon. 

 

5 - Nesta semana, o atendimento na sede do Procon está suspenso. Os postos descentralizados receberão reforço para o atendimento ao público: Ganha Tempo Ipiranga, Ganha Tempo CPA, Assembleia Legislativa e Ganha Tempo Shopping Várzea Grande. 

 

 

GazetaDigital

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários