Assim como Paulo, Jorge Taques também tem antecedentes criminais | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

COLUNA POPULAR Sábado, 09 de Junho de 2018, 01h:39 | - A | + A




Demitido por justa causa por cheque sem fundo

Assim como Paulo, Jorge Taques também tem antecedentes criminais

Por: Redação

Pedro Jorge Zamar Taques preso há um mês na “Operação Bônus” já constrangeu sua família antes. O seu primeiro emprego foi no Bemat e acabou demitido por improbidade e desídia.

O fato aconteceu nos anos 80. O seu irmão Jorge Aurélio tinha acabado de entrar no banco, para orgulho do seu João e da dona Vera, porém, em poucos dias tudo virou tristeza porque Pedro Jorge tinha sido demitido por justa causa da agência de São José dos Quatro Marcos.

O motivo da demissão não parece grave. O problema é que para os bancários é crime capital “liberar cheques sem a devida provisão de fundos”. A auditoria interna o pegou, e Pedro Jorge sabia que o caso era indefensável. Sumiu da cidade assim que começou o processo de demissão. Voltou para Cuiabá, e se tornou o bom menino de antes. Começou a advocacia ao lado dos irmãos, como Paulo Cesar, o ex-Chefe da Casa Civil, e preso pela terceira vez.

Achou que se voltasse para o crime protegido pelo primo governador, dessa vez não seria pego. Ontem, porém, o 'bom moço' completou 30 dias atrás das grades por mau comportamento. Agora por mais do que um cheque sem fundo, o roubo do Detran do qual são acusados foi mais sofisticado e alcançou a cifra de R$ 30 milhões, ao menos só o que foi descoberto até agora.

Não é à toa que o Ministério Público Estadual (MPE) disse em trecho do inquérito que investiva a organização criminosa, que Paulo Taques e Jorge Taques “vivem do crime”. Durante a deflagração da segunda fase da Operação Bereré, o MPE afirmou que os primos pedralhas “têm a atividade criminosa como seu modo de vida e de trabalho”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Viviane - 09-06-2018 06:58:19

Então é genético!

Responder

28
2


Odário - 09-06-2018 06:57:36

Ser tachado como alguém que tem a atividade criminosa como modo de vida é algo que merecia no mínimo 100 anos de cadeia, pq se sair vai roubar e cometer crimes novamente. Se liga justiça

Responder

28
2


Irmãos pedrálhas - 09-06-2018 06:41:26

Respeita a máfia..

Responder

22
7


3 comentários

coluna popular
Silval teria pago com dois apartamentos
Mesmo com salário de R$ 30 mil ela não quer pagar
Passagem dá duplo sentido e sugere suicídio
Selma Arruda e Nilson Leitão ficam de fora
Ciro Gonçalves é filho de ex-secretário de Lucimar

Últimas Notícias
20.06.2018 - 01:13
19.06.2018 - 18:46
19.06.2018 - 18:17
19.06.2018 - 17:03


Fábio Garcia

Ezequiel Fonseca

Vitório Galli

Valtenir Pereira

Neri Geller

Carlos Bezerra

Ana Poncinelli

Emanuelzinho

Professor Bispo

Barbudo

Rafael Ranalli

Cledison Gonçalves

Cel. Wanderson Nunes

Gisela Simona

Marco Marrafon

Antônio Carlos

Dr. Leonardo

Renato Gouveia

Max Campos

Carlos Naves

Renata Viana

Cabo Dr Laudicério

Vinícius Brasilino

Josair Lopes

Ícaro Reveles

Gordim Tur



Informe Publicitário