Empresa de deputado é condenada, perde incentivos e crédito em bancos | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

COLUNA POPULAR Quarta-feira, 18 de Julho de 2018, 16h:24 | - A | + A




Trípolo do deputado Nininho em colapso

Empresa de deputado é condenada, perde incentivos e crédito em bancos

Por: Redação

A Construtora Tripolo acaba de receber uma dura sentença pela Justiça de Rondonópolis. A juíza Milene Aparecida Beltrami condenou a construtora ao pagamento de multa ambiental de R$500 mil, além do corte de crédito em bancos oficiais e a perda de incentivos fiscais concedidos pelo Estado. O motivo é uma ação civil pública ambiental proposta em 2013 pelo Ministério Público.
A construtora recebeu do governo Blairo Maggi em 2008 cerca de R$15 milhões para pavimentar 25 quilômetros de Rondonópolis até a localidade de Cidade de Pedra, sendo chamada de “Rodovia do Peixe”, e dentro do orçamento, estariam R$500 mil destinados ao plano de recuperação de áreas degradadas (Prad) a ser aplicado em até cinco anos. Mas durante todo esse tempo a construtora não fez nada.
A secretaria do Meio Ambiente constatou que o Prad não foi cumprido, ou seja, locais onde as máquinas retiraram o cascalho para a obra foi simplesmente abandonado, deixando a buraqueira para se recompor sozinha. Por esse motivo houve a condenação de Francisco Marino Fernandes, dono da construtora. Porém quem entregou a obra da “Rodovia do Peixe” para o governo em 2009 foi Fausto Presotto Bortolini, filho do deputado Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários