Fiscal que atuou na época de rombos e mortes na Sefaz assume corregedoria | MUVUCA POPULAR

Domingo, 24 de Junho de 2018

COLUNA POPULAR Quarta-feira, 13 de Junho de 2018, 20h:19 | - A | + A




Caso Lauro vota à tona com nomeação de Lídia Rosa

Fiscal que atuou na época de rombos e mortes na Sefaz assume corregedoria

Por: Redação

A nomeação da fiscal de tributos Lidia Rosa Xavier Bonfim para a corregedoria fazendária (Cofaz) publicada hoje (13), é um novo capítulo no “Caso Lauro”. O fiscal de tributos Lauro Santos de Sá desapareceu de Rondonópolis na noite de 14/06/1985. Após o seu sumiço as investigações da polícia e Ministério Público (MPE) apontaram para outro crime. O agronegócio desviou naquela região R$ 1,2 bilhão nos anos 1984/1985, e os fiscais tributários estavam envolvidos até o pescoço na sonegação.

O governo Júlio Campos resolveu dar satisfações para sociedade diante do escândalo do “Caso Lauro”. Acabou removendo 15 fiscais de Rondonópolis, e Lidia Bonfim foi uma das que fizeram as malas para Barra do Garças no dia 03/07/1985. Porém três deles se demitiram da fiscalização para serem fazendeiros, um em MT e dois no RJ, Jorge Sayed Picianni e Arnaldo Carvalho da Costa.

Ausente o corpo de delito, a polícia e o MPE não fechou o caso do desaparecimento. Quem foi demitido, como o chefe da fiscalização, acabou retornando ao cargo de fiscal para se aposentar. Quanto a Jorge Picciani voltou para sua Anchieta e depois foi nomeado inspetor-geral de fiscalização de Nova Iguaçu e virou político poderoso no Rio de Janeiro, e Arnaldo Carvalho foi nomeado auditor-fiscal do INSS, também no Rio de Janeiro, onde os dois foram sócios em terras e imóveis.

Lidia Bonfim é a última dos contemporâneos do “Caso Lauro”. Curioso que seja a quarta desse antigo grupo a assumir a Cofaz. Parece que as coisas continuam como naquela época. A mídia noticiou há pouco tempo que um fiscal seria o contador do maior esquema de “soja de papel” de Mato Grosso, e foi pego pelo MPE. Outro colega reduziu impostos de uma graneleira e foi liberado pela Cofaz, mas foi pego pela polícia fazendária. Os desafios são os mesmos, mas parecem tão insolúveis quanto o “Caso Lauro”.

Veja matéria especial sobre o mistério do "Fiscal Lauro"

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

MARIA FLOR DOS SANTOS - 15-06-2018 20:56:24

E o caso do Fiscal de Tributos Manoel Ramos de Vasconcelos que o sequestraram no Bairro Santa Isabel e mataram ele com requinte de tortura e desovaram na estrada antiga da Guia isso nem falam mais...

Responder

0
0


Marcia - 14-06-2018 13:46:34

Tem o mais... Ela administrou bens de arcanjo, conforme nomeada por pedro taques para usar e abusar do patrimonio do comendador...

Responder

7
4


Gilson de Barro duro - 13-06-2018 22:27:19

Seria a hora de reabrir o debate sobre o caso Lauro, que parece implicar muitos figurões, alguns já mortos, outros rondando o poder, embora pareça que será apenas mais uma misteriosa história contada pelo muvuca, insolúvel como se diz no texto. A propósito, o presidente da Associação Comercial na época, Wellington Fagundes, que fez a denúncia de esquema na fiscalização, pode hoje virar governador e continuar sua denúncia. Pois não é?!.

Responder

13
1


3 comentários

coluna popular
Emanuel falará com a imprensa pela tarde
Gosto por carros era tanto que faltou fazer sexo
Veja o resultado completo
Jogo duplo de candidato pode enterrar sua eleição
PT, MDB e PSDB possuem as maiores quantias

Últimas Notícias
24.06.2018 - 18:18
24.06.2018 - 18:17
24.06.2018 - 15:58
24.06.2018 - 10:30


Nenhum deles

Mauro Savi

Wilson Santos

Wagner Ramos

Eduardo Botelho

Prof. Allan Kardec

Nininho

Janaina Riva

Valdir Barranco

Romualdo Júnior

Saturnino Masson

Silvano Amaral

Sebastião Rezende

Max Russi

Guilherme Maluf

Gilmar Fabris

Dilmar Dal Bosco

Max Russi

Roberto Bezerra

Niuan Ribeiro

Paulo Araújo

Antônio Marçal

Josair Lopes

Waldir Caldas

Diany Dias

João Batista

Oscarlino Alves

Edmundo César

Henrique Lopes

Suelme Evangelista

Carlos Avalone

Carlos Brito

Leonardo Oliveira

Layr Mota

Cabo Juliano

Dr. Edvaldo

Professora Rita

Nieta

Sergio Lader

Diego Guimarães

Juca do Guaraná

Faissal

Gilmar Fabris

Ademir Brunetto

Pedro Satélite

Oscar Bezerra

Zeca Viana

Luizinho Magalhães

Baiano Filho

Branquinha

Jajah Neves

José Antônio Pilegi

Luis Braz

Emílio Populo

Marcio Mendes

Cláudio Sena

Emídio de Souza

Major EB Cicero

Guarda Sttefany

Auditor Claudemir

Sargento Joelson

Gisele Lopes

Dr. Divino Henrique

Sr. Elias

Dr. Ardonil

Eliseu Nascimento

Samir Katumata

Dilemário Alencar

Gislene Cabral

Madona

Túlio Fontes

Joyce Lombardi

Miley Alves

Lúdio Cabral

Césare Pastorello

Dr. Daude

Edinho Paiva

Alex Rabelo

Leonice Lotufo

Djalma Sabo Mendes

Maviane Ramalho



Informe Publicitário