"Pacote de maldades" de Mauro sofrerá resistência para ser aprovado | MUVUCA POPULAR

Sábado, 19 de Janeiro de 2019

COLUNA POPULAR Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2019, 03h:00 | - A | + A




Medidas prevê arrocho e aumento de impostos

"Pacote de maldades" de Mauro sofrerá resistência para ser aprovado

Por: Da redação

O pacote de maldades, denominado 'pacto por Mato Grosso', a ser encaminhado pelo governo Mauro Mendes à Assembleia Legislativa, que tem em seu escopo aumento de impostos e corte de benefícios, deve encontrar resistência em setores da sociedade.

O próprio presidente da AL, Eduardo Botelho (DEM), disse que embora tenha havido celeridade na elaboração das medidas - "Eles foram rápidos, em 6 dias já apresentaram uma proposta" - pondera que, talvez, não seja votado com a mesma rapidez.

"Vai ter resistência de todos os lados. O agro está resistindo, o Fórum [Sindical] quer que pague em dia, os poderes querem aumento. Isso é normal, mas tem que entender que não tem dinheiro. A saúde terminou o ano devendo R$ 600 milhões, ninguém está entregando medicamento, comida de presídio está atrasado, viatura alugada está atrasado. Vai tirar de onde?! Vamos deixar de pagar locação de carro? Aí não tem viatura na rua. Essa é a realidade que estamos enfrentando”, disse Botelho ao periódioco A Gazeta.

Entre as medidas propostas pelo novo goerno, está o substitutivo da Lei Orçamentária Anual (LOA 2019), que prevê redução de duodécimos à Assembleia Legislativa e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE); a reforma administrativa, que prevê cortes em servidores, secretarias e empresas públicas; o Fethab 2 (Fundo Estadual de Transporte e Habitação), que prevê arrecadação de R$ 1,5 bilhão junto ao setor do agronegócio; e ainda uma Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). 

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

José - 10-01-2019 07:26:41

R$20 BILHÕES EM FRAUDES? Não se pode esquecer de apurar e recuperar todos os desvios e fraudes do desgoverno pedro taques da transformação do estado em caos e roubalheira, os quais juntos já SOMAM $20 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos $20 bilhões: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin e vários secretários com R$50 mil/mês por fora; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $230 milhões do fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juiza candidata para ferrar o silval e a familia dele. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados e estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos.

Responder

11
0


1 comentários