Entrega do novo Pronto Socorro é adiada  | MUVUCA POPULAR

Sábado, 21 de Julho de 2018

CUIABÁ Terça-feira, 26 de Junho de 2018, 08h:10 | - A | + A




SAÚDE

Entrega do novo Pronto Socorro é adiada

Novo PS será entregue à população em abril de 2019, data da comemoração dos 300 anos de Cuiabá

Por: Redação

Nesta segunda-feira (25), o prefeito da capital, Emanuel Pinheiro(MDB), redefiniu a data de entrega do novo Pronto Socorro de Cuiabá. O novo PS será entregue à população em abril de 2019, data da comemoração dos 300 anos de Cuiabá.

“Entrando o ano dos 300 anos, o maior presente para a população cuiabana. Em janeiro de 2019 vamos receber do Consórcio a obra física e, em abril, precisamente no dia do aniversario dos 300 anos, vamos entregar em pleno funcionamento o novo Hospital e Pronto Socorro”, afirmou o prefeito.

Em 2017, após muita polemica, o Governo, a Prefeitura de Cuiabá e a bancada federal de Mato Grosso no Congresso em conjunto, concretizaram um acordo para usar os recursos da União para custear a saúde do Estado. E o Executivo ficou responsável por repassar os R$ 82 milhões necessários para equipar o novo PS.

No entanto a obra teve mais um encalço: Pinheiro questionava a demora do Governo em repassar os recursos e, do outro, o Executivo afirmava que a verba não havia sido repassada porque o prefeito não tinha licitado a compra dos equipamentos.

Na coletiva de imprensa, Emanuel afirmou que a “demora” na conclusão da obra se deve a erros da gestão anterior.

“O dever de casa não foi feito no passado, quando essa obra estava sob a responsabilidade do então secretario de Governo da gestão anterior, você lembra quem era? Mas aqui nós já superamos tudo, arredondamos uma bola que estava quadrada e o resultado está aí”, disse.

É importante lembrar que o secretário de Governo da gestão Mauro Mendes citado por Emanuel é o atual deputado federal Fábio Garcia (DEM), que também o criticou pelo atraso no processo licitatório.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários