Firmado contrato de cessão e uso da Orla 2, no Porto | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

CUIABÁ Quinta-feira, 24 de Maio de 2018, 22h:23 | - A | + A




Firmado contrato de cessão e uso da Orla 2, no Porto

 

O contrato de cessão e uso gratuito de um trecho de aproximadamente 600 metros às margens do Rio Cuiabá, entre os bairros Porto e o Dom Aquino, foi assinado ontem pelo prefeito, Emanuel Pinheiro, e a superintendente do Patrimônio da União em Mato Grosso, Lucimara Rodrigues Cordeiro Tavares.

Com a assinatura do documento, o município poderá dar continuidade ao projeto de requalificação da segunda etapa da Orla do Porto. As obras devem iniciar no segundo semestre deste ano e terminar em 2019.

A área que será revitalizada compreende mais de 600 metros de extensão, ao longo de toda Avenida Manoel José de Arruda (Avenida Beira Rio) até o Cais do Porto. O projeto arquitetônico foi elaborado pelo Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU).

A iniciativa visa valorizar o espaço já vislumbrando uma das mais importantes obras para as comemorações do aniversário de 300 anos da capital. “Temos que trabalhar em conjunto para o desenvolvimento da cidade. Sozinha a União não consegue”, disse a superintendente Lucimara Tavares.

O novo projeto prevê a implantação de uma passarela sobre a Ponte Júlio Muller – local onde hoje está instalado o arco de entrada da cidade - um calçadão, área de bosque, ciclovia, área com lona tensionada, espaço histórico com estátuas de personalidades cuiabanas, cais do Porto, estação elevatória, estacionamento com 53 vagas e estação para o VLT.

Ao todo, a intervenção está orçada em cerca de R$ 14 milhões. Parte dos recursos oriundos do Ministério do Turismo, na ordem de R$ 7 milhões, será para a construção de uma passarela, sobre a Ponte Velha, local onde hoje está instalado o arco de entrada da cidade.

Outros R$ 7 milhões serão para realização do Cais do Porto. A expectativa é de que o recurso seja liberado ainda neste semestre, após a aprovação do montante pela Caixa Econômica Federal. O município participará com uma contrapartida já inclusa no montante.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários