Nasce o primeiro bebê em Fernando de Noronha em 12 anos | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

CURIOSIDADES Domingo, 20 de Maio de 2018, 21h:19 | - A | + A




CURIOSIDADE

Nasce o primeiro bebê em Fernando de Noronha em 12 anos

Arquipélago não autoriza nascimentos por não haver condições necessárias para assistência a partos. Mulher de 22 anos ignorava gravidez.

Um bebê nasceu em Fernando de Noronha neste sábado (19/05), após 12 anos sem partos na ilha. O nascimento de crianças não é autorizado no arquipélago, localizado no Oceano Atlântico.

A mãe - uma dona de casa de 22 anos que preferiu não se identificar - disse não saber que estava grávida até dar à luz em casa. "Eu fiz exame [de gravidez] e deu negativo. Eu não senti nada durante toda a gestação", afirmou ela ao portal de notícias.

Sobre o trabalho de parto, a mãe relatou ter sentido uma cólica e, quando foi ao banheiro, sentiu "um negócio descendo por entre as pernas". "Foi na hora que o pai da criança chegou e pegou. Era um bebê, uma menina. Eu fiquei paralisada, não sabia que estava grávida."

O pai do bebê, também surpreso, contou que chegou a ligar para o Samu, serviço de atendimento de urgência, mas não deu tempo de a ambulância chegar. "Eu fiz o parto, acho que foi Deus", afirmou o homem, que trabalha como frentista.

Segundo a reportagem, após o nascimento, a criança foi levada pelo pai a pé ao hospital, e a mãe seguiu momentos depois em uma ambulância. Esta é a segunda filha da dona de casa - a primeira nasceu no continente.

Em comunicado, a administração de Fernando de Noronha, ligada ao estado de Pernambuco, confirmou o nascimento e disse não haver registro de qualquer acompanhamento pré-natal ou atendimento semelhante à dona de casa nas unidades de saúde do arquipélago.

O texto também informou que a "unidade hospitalar de Fernando de Noronha realizou atendimento a uma criança recém-nascida, trazida pelo pai, e sua genitora", e ressaltou a importância de se fazer o pré-natal.

O caso foi noticiado inclusive na imprensa internacional. A britânica BBC lembrou que a ilha é famosa por suas praias e sua vida selvagem e explicou que, devido à vulnerabilidade da reserva, controles populacionais rigorosos vigoram no local.

A Secretaria de Saúde do arquipélago não autoriza o nascimento de crianças por considerar que seu hospital não tem as condições necessárias para prestar assistência a partos.

Mulheres residentes que engravidam precisam se dirigir ao continente para dar à luz. A cidade grande mais próxima é Natal, a cerca de 365 quilômetros através do Oceano Atlântico.

Segundo dados de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um pouco mais de 3 mil pessoas compõem a população de Noronha, Patrimônio da Humanidade da Unesco.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Ciro é o quarto a tentar gerenciar
Pacote de regalias deve animar a côrte
Marrafon e Russi buscam aproximação com Mendes
A bola da vez fez com que muitos mudassem discurso
Reviravolta no tabuleiro político

Últimas Notícias
17.06.2018 - 23:16
17.06.2018 - 17:24
17.06.2018 - 17:15
17.06.2018 - 16:33


Fábio Garcia

Ezequiel Fonseca

Vitório Galli

Valtenir Pereira

Neri Geller

Carlos Bezerra

Ana Poncinelli

Emanuelzinho

Professor Bispo

Barbudo

Rafael Ranalli

Cledison Gonçalves

Wanderson Nunes

Gisela Simona

Marco Marafon

Antônio Carlos

Dr. Leonardo

Renato Gouveia

Max Campos



Informe Publicitário