Educação em MT tem mais de 61 mil crianças fora da escola | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

EDUCAÇÃO Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2018, 23h:08 | - A | + A




UNICEF

Educação em MT tem mais de 61 mil crianças fora da escola

Dos mais de 2,8 milhões brasileiros entre 4 e 17 anos que estão foram da escola, 61.304 são de Mato Grosso, o segundo estado da região Centro-Oeste com maior número de meninos e meninas que não deverão ir às salas de aulas no início do letivo, previsto para fevereiro próximo. Os dados são do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), ligado à Organização das Nações Unidas (ONU). 

O número da tragédia aumentou do ano passado para cá. Em 2017 eram 55 mil. São 6 mil crianças a mais fora da escola no estado em apenas um ano.

Em todo país, o relatório da Unicef aponta que 93.5% das crianças e dos adolescentes de 4 a 17 anos estão na escola, conforme a Pnad 2015. Entretanto, os 6,5% que faltam significam mais de 2,8 milhões na mesma faixa etária que podem não comparecer às salas de aula. No Estado, 23.208 têm entre quatro e cinco anos, 5.255 têm entre 6 a 14 anos, e 32.842 estão na faixa etária dos 15 a 17 anos. No estado vizinho de Goiás, são 113.483, Mato Grosso do Sul são 49.930 e no Distrito Federal 31.803. 

"Reverter a exclusão escolar é urgente. A cada ano que passam fora da escola, crianças e adolescentes têm seu direito de aprender negado e ficam ainda mais longe da garantia de outros direitos. A exclusão afeta justamente meninos e meninas vindos das camadas mais vulneráveis da população", disse Ítalo Dutra, chefe de Educação do Unicef no Brasil. Do total fora da escola, 53% vivem em domicílios com renda per capita de até meio salário mínimo. 

Conforme o Unicef, para essas crianças e adolescentes, estar na escola pode ser a diferença entre vida e morte, entre ter seus direitos garantidos no presente, uma oportunidade no futuro, ou perpetuar um quadro de pobreza e vulnerabilidade. Por isso, é urgente que as autoridades públicas ligadas à educação enfrentem a exclusão escolar. 

O entendimento é de que o primeiro desafio é encontrar cada um desses meninos e dessas meninas fora da escola e dar respostas específicas para as barreiras sociais, culturais e econômicas que os afastam das salas de aula, deixando-os invisíveis à gestão educacional. 

"Não adianta, portanto, apenas ofertar vagas na escola. É necessário ir atrás de cada menino e menina, entender as causas da exclusão e tomar as medidas necessárias para garantir a (re)matrícula e a permanência na escola, aprendendo", destacou. 

Muitas vezes, a criança que está invisível para o sistema educacional é bem conhecida pela equipe de saúde que visita o bairro em que ela mora, ou já está cadastrada em algum projeto da assistência social. “A chave para encontrá-la e levá-la à escola, portanto, está em um esforço conjunto das áreas de educação, saúde, assistência Social, entre outras”, aponta. 

Também é necessária uma parceria com toda a sociedade, com o intuito de planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para a inclusão escolar. (Com assessoria de imprensa) 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Jogo duplo de candidato pode enterrar sua eleição
Veja o resultado completo
Deputado desafia governador e chama de porcaria
PT, MDB e PSDB possuem as maiores quantias
Enquanto se "estapeiam" republicano cresce

Últimas Notícias
21.06.2018 - 17:31
21.06.2018 - 16:43
21.06.2018 - 16:20
21.06.2018 - 16:00


Nenhum deles

Mauro Savi

Wilson Santos

Wagner Ramos

Eduardo Botelho

Prof. Allan Kardec

Nininho

Janaina Riva

Valdir Barranco

Romualdo Júnior

Saturnino Masson

Silvano Amaral

Sebastião Rezende

Max Russi

Guilherme Maluf

Gilmar Fabris

Dilmar Dal Bosco

Max Russi

Roberto Bezerra

Niuan Ribeiro

Paulo Araújo

Antônio Marçal

Josair Lopes

Waldir Caldas

Diany Dias

João Batista

Oscarlino Alves

Edmundo César

Henrique Lopes

Suelme Evangelista

Carlos Avalone

Carlos Brito

Leonardo Oliveira

Layr Mota

Cabo Juliano

Dr. Edvaldo

Professora Rita

Nieta

Sergio Lader

Diego Guimarães

Juca do Guaraná

Faissal

Gilmar Fabris

Ademir Brunetto

Pedro Satélite

Oscar Bezerra

Zeca Viana

Luizinho Magalhães

Baiano Filho

Branquinha

Jajah Neves

José Antônio Pilegi

Luis Braz

Emílio Populo

Marcio Mendes

Cláudio Sena

Emídio de Souza

Major EB Cicero

Guarda Sttefany

Auditor Claudemir

Sargento Joelson

Gisele Lopes

Dr. Divino Henrique

Sr. Elias

Dr. Ardonil



Informe Publicitário