Falta de abastecimento de água impossibilita aplicação de vacinas em Chapada | MUVUCA POPULAR

Domingo, 09 de Dezembro de 2018

GERAL Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018, 11h:42 | - A | + A




Chapada dos Guimarães

Falta de abastecimento de água impossibilita aplicação de vacinas em Chapada

"Os enfermeiros não têm onde lavar a mão", relatou morador chapadense

Por: Vitória Tumelero

O município de Chapada dos Guimarães, localizado a 70km de Cuiabá, está em situação emergente, sofrendo com a falta de abastecimento de água, má condições escolares e com o atendimento hospitalar totalmente defasado, a população chapadense está em total desespero.

Após o Governo de Mato Grosso gastar cerca de R$ 19 milhões com a Estação de Tratamento de Água (ETA), a cidade continua tendo problemas com o sistema de abastecimento e, desta vez, além da condição de vida residencial dos moradores, a Saúde também está sendo afetada. "Fui levar meu filho para vacinar no Posto de Saúde e ele não pôde ser vacinado porque não tem água para os enfermeiros lavarem a mão", relatou um morador da cidade.

Entretanto, a população alega que a falta d'água é apenas um dos problemas que Chapada vem enfrentando e que, na verdade, a cidade está um caos. "Nós estamos sem lâmpadas nas ruas, as estradas estão cheias de buraco, tudo um 'atoleiro'. Nosso município está jogado as traças, não temos nada, não temos Saúde, não temos Educação, não temos remédios nos hospitais, não temos nada mesmo", declarou outro habitante.

SAÚDE

A falta de abastecimento de água e de remédios nos Postos de Saúde não são os únicos déficits da Saúde em Chapada, pois na comunidade João Carro, por exemplo, uma reforma foi iniciada na unidade hospitalar da região em maio e está há cinco meses parada.

Desta forma, o corpo de funcionários responsáveis pelo Posto estão sendo obrigados a atender os pacientes em uma casa ao lado que não possui energia. As vacinas são levadas à unidade em caixas térmicas para que o atendimento na unidade não seja totalmente perdido, mas o médico afirma que esse procedimento pode afetar a vitalidade das vacinas.

O local não possui teto forrado e, juntamente com a falta de energia, acaba servindo de moradia para morcegos. Os quartos não possuem divisórias e acabam sendo separados por um lençol, deixando os pacientes sem nenhuma privacidade durante a consulta. "A gente vem em busca de tratamento e pode acabar saindo mais contaminado", contou um paciente.

Enquanto isso, a sede ao lado se deteriora cada vez mais devido o descaso com a obra. A reforma foi iniciada para consertar o teto da unidade, mas no momento, tudo que foi realizado no local já se perdeu diante o descuido.

EDUCAÇÃO

As denúncias sobre a situação das escolas em Chapada são cada vez mais constantes, os alunos sofrem com a falta da merenda escolar e com as más condições das escolas, que inundam durante as chuvas com a grande quantidade de goteiras. A assistência psicopedagógica para os alunos especiais também está em falta no município.

Ciente de toda a situação, a Secretaria Municipal de Educação apenas alega que "está resolvendo a situação", mas se mantém isenta de providências. Os moradores afirmam que o Ministério Público também já foi contatado, mas continua inerte diante a situação.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários