Servidores do Pronto Socorro faltam serviço para ajudar na campanha de Jayme Campos | MUVUCA POPULAR

Domingo, 23 de Setembro de 2018

GERAL Quinta-feira, 13 de Setembro de 2018, 13h:13 | - A | + A




Denúncia

Servidores do Pronto Socorro faltam serviço para ajudar na campanha de Jayme Campos

Colegas denunciam que servidores do Pronto Socorro de VG não trabalham durante a semana para fazer campanha

Por: Redação

Funcionários do Pronto Socorro de Várzea Grande denunciam que colegas de trabalho faltam serviço, durante a semana, para ajudar na campanha de Jayme Campos (DEM), candidato ao Senado.

Um dos servidores é Edelson Silva Pacheco contratado e responsável por supervisionar o setor administrativo do Pronto Socorro.

Conforme um colega de Edelson: “ele presta serviço no Pronto Socorro apenas nos finais de semana e só no período matutino”, declarou.

“O cargo dele lá é supervisionar o setor administrativo, cargo que não serve para nada, passa o dia todo na sala que criaram para ele jogando conversa fora”, informou outro funcionário sobre Pacheco.

Outra denúncia apresentada pelos servidores é que alguns funcionários recebem horas extras sem ter cumprido, e outros recebem por 40h semanais, mas não cumprem o horário.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(10) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Servidor Público - 16-09-2018 10:54:28

Essa é a realidade da administração pública em Várzea Grande. Terra dos favores políticos, servidor contratado que não cumpre carga horária e que trabalha mal, é o de menos, só quem realmente esta aqui dentro sabe como as coisas funcionam, esses cargos contratados, que em sua grande maioria é fruto de influência política, recebem muito mais do que os concursados, exercendo a mesma função. Para os servidores da Secretária de Saúde por exemplo, existe uma lei complementar que prevê gratificação por serviço extraordinário (Lei complementar 3723/12), o que não passa de fachada. De fato, quem recebe essa gratificação são apenas os funcionários com influência política e familiares de maneira indireta. Nem é preciso vasculhar muito no portal transparência, disponível no site da prefeitura, e pesquisar os proventos dos funcionários, que será possível visualizar. É claro que existe uma parcela de funcionários que realmente exercem um trabalho de qualidade e merecem, mas em sua grande maioria, 90% não recebem por mérito.

Responder

1
0


Povo - 13-09-2018 19:26:38

Cadê o MP? Cadê o TRE? Cadê o povo de VG para reagir a estes abusos seculares desta família com o dinheiro do povo desta cidade?

Responder

8
1


cabra - 13-09-2018 18:42:27

Estilo JC de governar..

Responder

8
1


PALHAÇADA - 13-09-2018 14:28:36

É A CRISE MEU POVO

Responder

8
2


Douglas - 13-09-2018 14:27:16

kkkkkkk só as pessoas q trabalha pra ele kkkkkl

Responder

7
1


comandante - 13-09-2018 14:25:52

TODOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS , COMISSIONADOS E AFINS . VERGONHA

Responder

10
1


Jessica - 13-09-2018 14:24:51

Valeu vamos compartilhar até chegar a um milhão vamos denunciar esses servidores sem vergonha

Responder

11
1


Naine - 13-09-2018 14:19:08

Esse site bate em todo mundo, credo, pensei que estava apoiando Jayme

Responder

3
8


Camila - 13-09-2018 14:28:25

Como assim Naine? Você acha certo faltar o trabalho p fazer campanha? Isso é errado, ainda mais em um hospital.

Responder

12
0


Gabriel - 13-09-2018 14:16:43

Ter dois empregos é muito bom

Responder

10
0


10 comentários

coluna popular
Milionários do agronegócio tem plano “A, B e C”
Selma anda enrolada em bandeira de outro estado
Wellington reúne centenas de pessoas em caminhada
Morrem peixes em massa na Salgadeira
Mulher chora ao encontrar "o professor"

Últimas Notícias
23.09.2018 - 10:45
23.09.2018 - 09:11
23.09.2018 - 08:56
23.09.2018 - 08:09




Informe Publicitário