Governo convoca 15 delegados aprovados em concurso público em MT | MUVUCA POPULAR

Domingo, 09 de Dezembro de 2018

GOVERNO Terça-feira, 04 de Dezembro de 2018, 08h:30 | - A | + A




Governo convoca 15 delegados aprovados em concurso público em MT

Os aprovados vão ocupar os cargos da mesma quantidade de delegados que se aposentaram nos últimos dois anos

Por: G1

 

Quinze aprovados no último concurso de delegado da Polícia Civil de Mato Grosso foram convocados nesta segunda-feira (3) pelo governo do estado. A convocação foi assinada pelo governador Pedro Taques.  

Os aprovados vão ocupar os cargos da mesma quantidade de delegados que se aposentaram nos últimos dois anos.  

A assinatura foi acompanhada por autoridades da segurança. Foi discutido com o Ministério Público Estadual (MPE) a possibilidade de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para ser homologado pelo Poder Judiciário para convocar, ao menos, mais 80 aprovados no concurso.  

Os 15 aprovados no concurso público poderão iniciar a Academia de Polícia Civil (PJC), provavelmente após a segunda quinzena de janeiro de 2019. De acordo com o diretor da Acadepol, Carlos Cunha, os novos delegados vão passar por 800 horas/aulas de aulas e dois meses de estágio. Após esses seis meses eles devem ser realocados no interior.  

Os aprovados terão aulas e estágio nas unidades especializadas, como a Delegacia de Homicídios e Delitos de Trânsito.  

O delegado-geral Fernando Vasco comentou que todos os delegados aprovados não ficarão em Cuiabá. As cidades onde serão lotados ainda serão escolhidos pelo Conselho Superior de Polícia.  

Segundo o governo, a convocação foi possível devido a Emenda Constitucional 81, em que estipula convocação de aprovados em concurso para reposição em caso de falecimento e aposentadoria, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e também porque o governo está em processo de transição.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários