Igreja Batista Getsemâni

Grama é plantada nos trilhos do VLT em Cuiabá

Enquanto a obra não é finalizada a Prefeitura de Cuiabá decidiu plantar palmeiras imperiais nos trilhos do VLT.

Helena Corezomaé
REDAÇÃO

A obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) já consumiu mais de R$ 1 bilhão, porém o governo quer emprestar mais R$ 800 milhões para sua conclusão. Enquanto a obra não é finalizada a Prefeitura de Cuiabá decidiu plantar palmeiras imperiais nos trilhos do VLT.

O VLT era previsto para a Copa do Mundo no Brasil, porém a obra está parada desde dezembro de 2014 e já consumiu por metrô R$ 1,066 milhão.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Cuiabá as palmeiras plantadas foram doadas e a grama foi disponibilizada pelo Horto Florestal de Cuiabá, assim, a prefeitura não demandou recursos para execução das obras de paisagismo e jardinagem.

Conforme a Prefeitura o trabalho foi finalizado na Av. Fernando Corrêa e já foi iniciado na Avenida Tenente Coronel Duarte, a Prainha. Em seguida o plantio será feito na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA), de espécies nativa que suportem o calor da região.

O governo do estado está realizando um estudo para dar continuidade a obra do VLT. Os valores para a conclusão da obra estão sendo calculados por uma comissão formada por membros da Procuradoria Geral, Secretaria de Cidades e Controladoria Geral do Estado. Em seguida, o governo realizará uma nova licitação para a conclusão do projeto de mobilidade urbana.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: http://www.muvucapopular.com.br