Igreja Batista Getsemâni

O dinheiro já não comanda as eleições, quem mais investe não ganha

Nilson Leitão investiu alto, mas não foi eleito

Helena Corezomaé
Redação

O deputado federal e candidato ao Senado Nilson Leitão (PSDB) não só foi derrotado nas eleições deste ano, como também não conseguiu ser o mais votado em seu reduto eleitoral: Sinop (201 km de Cuiabá).

Leitão foi o candidato ao senado que mais recebeu dinheiro para a campanha, ao todo R$2.770.886,00. Porém, conseguiu apenas 330.430 mil votos, o que representou 12%.

Em segundo lugar nos gastos para o senado está Jayme Campos (DEM), que recebeu R$2.533.675,32. Jayme foi eleito com 490.699 mil votos, 17,82%. Porém, a votação foi acirrada, ficando ele em segundo lugar e com apenas 2% de vantagem em cima de Fávaro (PSD), que recebeu 434.972 mil votos.

Adilton Sachetti (PRB) gastou na campanha R$ 2.507.000,00 mil. Assim, ficou em 3º lugar no ranking de gastos, mas para sua tristeza e de quem doou recursos ele não foi eleito e ficou em 4º lugar, com apenas 12,10% dos votos.

Confira tabela completa de Recursos Recebidos:

Recursos Recebidos

Recursos Recebidos pelos candidatos ao Senado de MT.

 

 

Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: http://www.muvucapopular.com.br