Em artigo servidora relata trama arquitetado por Taques e TCE | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

INVESTIGAÇÃO Segunda-feira, 04 de Junho de 2018, 17h:17 | - A | + A




O TEATRO DO ABSURDO

Em artigo servidora relata trama arquitetado por Taques e TCE

Por: Ana Poncinelli

Como cidadã, eu escrevi, recentemente, denunciando a farsa que é a ex-juíza Selma Arruda, com o seu discurso oportunista, preconceituoso, homofóbico e excludente. Como funcionária pública, escrevi fazendo uma justa homenagem àquele que foi um dos maiores governadores dos últimos tempos, Dante de Oliveira. Agora, como mãe, como cidadã e como funcionária pública, não poderia deixar de vir a público para manifestar toda a minha indignação ou até mesmo “nojo"em relação a atitude do Tribunal de Contas do Estado.    Qualquer pessoa com um mínimo de capacidade de raciocínio lógico vai ver que essa decisão do TCE, negando um direito básico, fundamental e, acima de tudo, legítimo do servidor - que é a RGA - faz parte de uma trama arquitetada pelo senhor governador Pedro Taques.Começo pelo afastamento, há alguns meses já, dos cinco Conselheiros do TCE, um descompasso tão grande e sem sentido que faz Samuel Beckett e Albert Camus, mestres do teatro do absurdo, parecerem neófitos. Se não fosse trágico, seria cômico e entraria para a galeria dos clássicos do cinema “nonsense”.

Vamos ao roteiro dessa chanchada sem sentido e exdrúxula.

Primeira Parte - O Conselheiro Antônio Joaquim anuncia que é candidato ao governo e concorreria contra o atual governador Pedro Taques. Logo, por ser citado, juntamente com os demais Conselheiros, em uma delação premiada, sem materialidade, o Ministério Público Federal, numa destreza sem precedentes, usando de pesos e medidas diferentes, pede o afastamento de todos os citados, incluindo o do possível adversário do atual governador, o senhor Antônio Joaquim Rodrigues.     Segunda Parte - O afastamento dos cinco Conselheiros já foi algo que causou repulsa a qualquer operador do Direito, pela falta de substância. E, como se já não bastasse, na sequência desse ato torto, é negada a aposentadoria ao “possível adversário do senhor governador Pedro Taques, Conselheiro Antônio Joaquim”. A justificativa da Procuradora, ao negar o direito fundamental a qualquer servidor, é tão descabida de qualquer bom senso e de senso de justiça, que nem Salvador Dali, no ápice de sua loucura conseguiria materializar tamanho oximoro. Qual seria os impedimentos, para as investigações, se o Conselheiro Antônio Joaquim estivesse aposentado? Afastado definitivamente de seu cargo, por força da aposentadoria, sem a expectativa de retornar ao cargo, sua influência não seria menor? Elementar meu caro Watson!

Terceira Parte - Ainda lembrando Sir Arthur Conan Doyle, criador do famoso detetive Sherlock Holmes, eu diria que é “elementar” também, um possível acordo entre o governador e os atuais Conselheiros substitutos. Todas as pistas indicam esta possibilidade. Se me perguntarem qual é a fonte da qual eu bebi para chegar a essa conclusão - de que há um acordo entre o governo e o TCE - eu diria que é a matemática simples a fonte. Ou melhor dizendo, basta somar um mais um que o resultado é dois.Como estamos falando no campo do absurdo, do surrealismo, do cinema nonsense, nós poderíamos dizer o seguinte: era uma vez, um governador que se comprometeu a usar toda a sua influência junto ao Ministério Público e ao Judiciário para manter afastados os cinco Conselheiros titulares e, assim, os substitutos ficariam na função dos mesmos "ad eternun”. Para isso, bastaria que esses substitutos cuspissem na cara de seus colegas funcionários públicos e demonstrassem e expusessem toda a sua ganância, atropelando até mesmo o poder ao qual é atrelado, que é a Assembleia Legislativa. Não é preciso ser gênio para saber que todo reserva almeja a vaga do titular. E também não precisa ter o Q.I. muito elevado para saber que pelo poder algumas pessoas são capazes de matar a própria mãe. Ainda pequena, já ouvia nos contos de fadas, o que a bruxa era capaz de fazer para alcançar seus objetivos sinistros.

Parte Final -"A farsa das farsas". Diz um velho ditado que ninguém tropeça numa montanha, nós só tropeçamos em pedregulhos. Como se não bastasse todas essas artimanhas, que prejudicou milhares de pessoas, além dos cinco Conselheiros afastados, pura e simplesmente para eliminar um concorrente eleitoral, eis que agora vem a cereja do bolo desta trama: que é a tal das notas promissórias que foram encontradas, escondidas atrás de uma cortina, pela assistente da Conselheira substituta, no gabinete do Conselheiro Novelli. Esse fato, não atenta só contra nossa inteligência. Mais uma vez eu digo que se não fosse trágico seria cômico. Ora, convenhamos, a Polícia Federal com toda a sua técnica e experiência de encontrar dinheiro escondido dentro de paredes, não encontrou nada. Entretanto, a assessora, veja bem, assessora, não foi a faxineira e muito menos o mordomo, mas a assessora , num ato de desapego, inspirada em fazer uma boa ação, resolveu fazer uma faxina e tchan, tchan, tchan, eis que ela acha um envelope, com duas notas promissórias que incriminam o Conselheiro Novelli. Os substitutos entregaram o produto, que foi a decisão de não pagar a RGA dos funcionários. Em contrapartida, do nada, eis que caí do céu um envelope, com notas promissórias que incrimina e corrobora com a delação premiada.

A vida imita a arte, a arte imita a vida. No campo da imaginação, da criatividade podemos abusar da dramatização, do surrealismo, do realismo fantástico, do nonsense, mas não na vida real. Prejudicar pessoas honradas e retirar direitos dos servidores públicos, que trabalham com imensa dedicação, não podemos aceitar. Por todo o exposto aqui, conclamo todos os servidores a se reunirem em frente ao TCE para manifestar total repúdio a esta farsa mambembe que está nos sendo imposta goela abaixo, como se estivessem defendo um valor inestimável - que é o equilíbrio das contas públicas -, mas que, na verdade, é apenas um jogo desleal e baixo com os servidores, que estão sendo usados como moeda de troca nessa negociata espúria.

Temos que combater essa traição dos Conselheiros substitutos, que também são servidores e estão apunhalando a própria classe pelas costas, fazendo o jogo do poder e confabulando com o governador. Vamos acabar com essa trama diabólica, no pior estilo Alfred Hitchcock!

Ana Poncinelli, psicóloga, gestora governamental, acadêmica de Direto e Mestre em Teoria Literária.           

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(15) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Walacce - 09-06-2018 14:18:15

Se não fosse pelo fato desse site ser de um pré candidato aliado ao senhor Wellington Fagundes eu poderia concordar com a matéria, porém todos sabem que o TCE e apenas um órgão pra refugiar raposas velhas em busca de propina, e tudo que foi relatado sobre as propinas pagas aos conselheiros que culminaram eu seus afastamentos não dito pelo Pedro Taques, foi revelado pelo próprio Silval Barbosa, que desviou mais de um bilhão confesso do estado e está com a sua turma te mando retomar o governo do Estado através do bezerra, Wellington Fagundes, Emanuel palito Pinheiro, Ezequiel fonseca, Riva e todos mais que aliados antigos, e essa mocinha aí por que não relatou isso antes, afinal é servidora concursada não teria problema algum, mais só vem supostamente relatar isso em tempo de pré campanha, pode pesquisar a fundo que a mesma está ligada a turma da botina, certeza

Responder

0
0


Adriene - 05-06-2018 21:18:20

Vc esta corretissima, mas tenho certeza que a partir dessa materia sua vida nao sera a mesma. Sera perseguida, humilhada, destratada por esse "ser" desumano e sua corja. Sinto isso na pele ha um ano...por ter dito a verdade. Cuidado... Mto cuidado.

Responder

11
1


Academica de Direito - 05-06-2018 18:11:17

Primeiro: a autora detona quem de direito deve ocupar os cargos publicos, i.e., concursados; a exemplo do Sr. Luis Henrique. Secondo: afirma a santidade dos q foram lindamente afastados. Terceto: passe a ler Lenio Streck e menos conspiracoes. Quarto: ainda ha muito para a Sra transcender esse Senso Comum Teorico apresentado.

Responder

7
5


Carlos Nunes - 05-06-2018 17:01:43

Tirando a parte da Juíza SELMA, que a Poncinelli relatou de forma totalmente equivocada...pelo contrário, a Juíza é uma pessoa corajosa, que bateu de frente com o crime organizado, as máfias de MT, os corruptos e as facções, e por isso merece nosso voto pra Senadora...tô achando que a Poncinelli seria uma ótima deputada federal. Não ia ficar calada, omissa na Câmara Federal, ia defender Mato Grosso. Datena já mostrou os defeitos da safra atual de políticos, dizendo: uns pecaram pela Corrupção mesmo, e agora tão sendo apontados pelos delatores premiados...outros pecaram pela omissão, viram os maiores absurdos acontecendo e não fizeram nada. Aí, o Boris Casoy completou: muitos trocaram o Poder que os eleitores só emprestaram por Emendas Parlamentares, Cargos Públicos, Informações Privilegiadas, etc. Pro bem do Brasil, pro bem de Mato Grosso, NOVO presidente, NOVO governador, NOVOS senadores, NOVOS deputados federal e estadual...ZERA TUDO, passa a régua, e elege uma nova safra de pessoas, pra começar a escrever uma nova página na história política do Brasil. A página anterior rasga, queima. Conseguiram gerar 14 Milhões de desempregados, jogaram uns 20 Milhões pro setor informal pra sobreviver, e causaram rombos dentro de rombos. Deviam ser responsabilizados pelo crime de lesa pátria. Agora, a Revista ISTO É, que tá nas bancas ainda, mostra a delação do Palloci, mostrando as peripécias do tio Lula, da tia Dilma e da tia Gleici. Palloci, já na Carta de Desfiliação, falou sobre "sondas e propinas"...esculhambaram a Petrobrás...a paralisação dos caminhoneiros é efeito disso. Acionistas americanos processaram a Petrobrás, e a Justiça Americana aplicou indenização de mais de 11 Bilhões...e nós tamos pagando a conta.

Responder

5
4


Junior - 05-06-2018 15:32:22

Essa Sra está dizendo que os afastados são Santos? Essa Sra. está dizendo que a roubalheira foi ilusória? Realmente o oportunismo tomou conta dessa espelunca chamada TCE.

Responder

11
5


Helio Silva - 05-06-2018 13:34:47

Parabéns Ana! precisamos de mais pessoas com inteligencia e sem rabo preso.

Responder

26
10


Paulo - 05-06-2018 13:16:29

ANA "PON SEI LÁ O QUE".... HUMMMMMMMMMM.... É CASADA COM RODRIGO RODRIGUES.....TÁ EXPLICADO..... MELHOR NEM COMENTAR... QUEM CONHECE SABE AS FIGURAS QUE SÃO.....

Responder

14
13


Ana Carolina - 05-06-2018 08:50:05

Meu Deus, que texto brilhante e corajoso. Eu como servidora publica me orgulho de ter uma colega assim. Nós servidores publicos "mortais" não temos auxilio moradia, auxilio obra tecnica, auxilio gasolina e etc, como tem a turma do MP. Nós servidores "mortais" não temos as milionarias verbas indenizatorias, VI, como tem a turma do TCE. Gostaria muito de ver o holerite desses conselheiros substitutos. Por isso parabenizo a colega, pois o que temos é somente o RGA, é pouco mas é o que temos, é nosso, é legal, é moral e é lei.

Responder

51
2


Meu Deus - 05-06-2018 08:15:54

Olha o que uma Gestora Governamental diz: atropelando até mesmo o poder ao qual é atrelado, que é a Assembleia Legislativa. Onde que está escrito que o TCE é atrelado ao Poder Legislativo? O TCE é um órgão auxiliar do do Legislativo, porém independente, estamos falando de papel e não a prática. Uma servidora que seria responsável por gerir, não sabe se quer sobre a Organização do Estado.Lamentável.

Responder

10
49


servidor - 05-06-2018 08:09:55

Leva estes conselheiros ladrões para sua casa sua idiota, deve ser parente seu estes ladões ou seu emprego dependia deles?

Responder

16
29


Maria José Sanches - 05-06-2018 08:01:11

Essa é a realidade que se vive hoje no Mato Grosso. Tenho certeza que tudo começou mesmo com a possibilidade do Antônio Joaquim disputar o governo, isso gerou medo. Por outro lado, acredito que a PF jamais vai assumir que deixou de fazer a varredura completa no gabinete do conselheiro citado porque isso pode levar a processos administrativos por negligência. Imagine você, a busca e apreensão foi focada principalmente nestas tais promissórias e os competentes agentes não as encontram logo atrás de uma cortina? Ficaram o dia inteiro lá no TC dentro dos gabinetes. Isso pode colocar em xeque a atividade da digna PF, afastando seus agentes de novas operações sem que eles tenham culpa alguma. Fizeram seu papel no dia da operação e também foram traídos nessa farsa arquitetada a quatro mãos. Acho que o tiro saíra pela culatra. Só acho.

Responder

36
1


colirio - 05-06-2018 07:23:41

Diabólica tramóia ,arquitetada por alguém , que se trás consigo , o orgulho e a filha predileta ,a VAIDADE. Vaidoso , rancoroso ,joga com a baixeza e vilania ,trapaceando , e depois no seu lado tenebroso ,sorrindo satisfeito com o objetivo alcançado . Pobre SÊR ,mal sabe ele , que o seu fim é o de todo DITADOR ,a velhice , o declínio ,a solidão e a alma em desalinho . Nascem assim,morrem como nascem ,e acordam do outro lado padecendo dos males que carregou consigo . A este Sr.o Taques ,tudo foi dado , Procurador ,Senador e agora Governador ,e o que faz? O MAL !!!

Responder

42
0


Ezequiel paixao - 05-06-2018 07:10:57

Um texto bem elaborado, feito exatamente no ápice do efeito de alguma droga estragada, combinada com a falta de ingestão do gardenal. Interna essa mulher logo que está se tornando perigosa. Tudo isso para cobrar o RGA.

Responder

14
44


Pedro breve - 05-06-2018 04:57:35

Cabo eleitoral de senador, de deputado federal, de governador tudo na assembleia, TCE, e vice-versa. É um troca-troca imoral. Só que os poucos servidores públicos que há não abrem a boca. Parece que a maioria participam juntos da corrupção. Tomara que vocês tomem mesmos até encostar senhores servidores públicos. O governador é reflexo do que vocês são. Também pagam impostos, toda sua família sofre nesse país, e vocês tem plano de saúde subsidiado pelo GOVERNO, ou quando não pagam plano de saúde particular. É um contra-senso. Vocês têm o governador que merecem.

Responder

18
4


Mmacedo - 04-06-2018 21:46:39

Sem contar a lotação de pessoal do executivo no TCE...gente da CGE que esta com.cargo comissionado no TCE...e outros....estão fazendo puxadinho do executivo no TCE

Responder

38
1


15 comentários