UPA abandonada pela prefeitura vira alvo de inquérito do Ministério Público | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

INVESTIGAÇÃO Sexta-feira, 08 de Junho de 2018, 12h:08 | - A | + A




DINHEIRO FEDERAL

UPA abandonada pela prefeitura vira alvo de inquérito do Ministério Público

Unidade de saúde era para ser entregue em dezembro do ano passado

Por: Marcio Camilo

O Ministério Público do Estado (MPE) abriu inquérito para investigar os atrasos e as irregularidades na construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade de Poconé.

A obra deveria ser entregue em dezembro passado, mas o local está cheio de mato e as instalações já começaram a ser deterioradas por falta de manutenção.

O inquérito também destaca que o local é alvo fácil para criminosos e usuários de drogas, que podem usar o canteiro da UPA para o consumo de entorpecentes.

Outro fato que chamou atenção do Ministério Público é que no Portal Transparência do Ministério da Saúde, a UPA consta como concluída, sendo que todos os recursos para as abras já foram transferidos via Governo Federal: R$ 2,2 milhões.

“No dia 7/3/ 2018, em visita às unidades de saúde, o órgão ministerial que oficiava nesta Comarca constatou pessoalmente que a construção da UPA, na Rua Cid Moreira, Bairro Santa Tereza, estava paralisada, com mato crescendo, com a barreira de madeira que fechava a entrada do prédio derrubada, com muita sujeira, cachorros e sinais de que pessoas estão morando no local”, detalhou o MPE no inquérito.

O MPE salientou que procurou a prefeitura para saber o porquê da paralisação das obras que deveriam estar concluídas no final do ano passado.

No entanto, conforme o MPE, as respostas do município foram genéricas no sentido de dizer que “está licitando a continuidade das obras, sem prestar maiores esclarecimentos”.

Dessa forma o MPE resolveu instaurar o inquérito Civil com finalidade de “apurar irregularidades ocasionadoras e/ou decorrentes do atraso/paralização da obra de Construção da UPA localizada, na Rua Cid Moreira, Bairro Santa Tereza, em Poconé”.

A portaria do inquérito foi baixada no última quarta-feira (06), sendo assinada pelo promotor Alexandre Bala.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Andersson - 08-06-2018 22:43:37

Um absurdo e uma afronta para a população , esta situação da prefeitura de abandonar e nao dar continuidade roubo e mais roubo nessa nossa cidade

Responder

2
0


ANA - 09-06-2018 08:41:32

E DAI TEM UMA NOTICIA QUE PREFEITO PEDE MILHÕES DE EMERGÊNCIA PRA FAZER VIADUTO????/ QUERIA SABER O QUE MPE E TJ FAZEM .PORQUE O SUS LARGADO AS TRAÇAS COMO MOSTRA AI.. E POLITICOS QUERENDO MAIS MILHÕES PRA OBRAS..ATÉ QUANDO VÃO ESFREGAR NA NOSSA CARA TANTA IRREGULARIDADE E NÃO FAZEREM NADA????????????????????????????????????

Responder

2
0


Darci - 08-06-2018 19:39:18

Pois é. Mais um projeto abandonado e certeza que a construtora recebeu pela obra

Responder

3
0


3 comentários