Campanha contra sarampo e pólio deve vacinar mais de 202 mil crianças de um ano até quatro anos | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

MATO GROSSO Segunda-feira, 06 de Agosto de 2018, 09h:11 | - A | + A




DIA D

Campanha contra sarampo e pólio deve vacinar mais de 202 mil crianças de um ano até quatro anos

Por: Redação

Começa nesta segunda-feira (6) a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo, realizada pelo Ministério da Saúde.
 
A campanha vai se estender por todo o mês de agosto e, em Mato Grosso, o objetivo é imunizar 202.216 crianças de um ano até quatro anos, 11 meses e 29 dias de idade. O dia D de divulgação e mobilização será no dia 18 de agosto.
 
Segundo o Ministério da Saúde, 11,2 milhões de crianças devem ser vacinadas no país. A meta é chegar a pelo menos 95% delas.
 
Até o momento existem 7 casos em investigação, 2 descartados e nenhum caso confirmado para sarampo. Os casos investigados são provenientes de Guarantã do Norte (2 em investigação e 2 casos descartados), Campo Verde do Parecis (1 em investigação) e Jaciara (2 em investigação). Em Cuiabá nenhum caso ainda foi notificado.
 
O Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo em 2018. Roraima e Amazonas são os estados mais atingidos pelo surto.
 
Não há novos casos de poliomielite no Brasil. No entanto, os casos da doença aumentaram em outros países, como alertou a Organização Mundial da Saúde.
 
Quem deve ser vacinado?
 
Contra a poliomelite: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou. Em casos de nenhuma dose, será aplicada a Vacina Inativada Poliomielite. Em caso de uma ou mais doses, será aplicada a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".
Contra o sarampo: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou.
Não devem ser vacinadas: crianças de 1 até 5 anos que tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários