Mulher é assassinada com diversas perfurações em quitinete  | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

POLÍCIA Quarta-feira, 16 de Maio de 2018, 07h:58 | - A | + A




POLÍCIA

Mulher é assassinada com diversas perfurações em quitinete

Celia Regina Magalhães, 39 anos, foi assassinada no fim da noite da última terça-feira (15), no bairro Jardim Novo Horizonte, em Várzea Grande. O principal suspeito de ter cometido o crime é seu marido, A.L.S., de 60 anos. A morte teria acontecido após o casal discutir em uma quitinete. A vítima teve diversas perfurações pelo corpo. O caso é tratado como feminicídio.

Conforme as informações do boletim de ocorrências (BO), uma equipe da polícia foi acionada através do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), após uma pessoa entrar em contato e relatar que havia uma vítima caída no pátio de uma quitinete.

Quando os militares chegaram ao local, encontraram a mulher caída ao solo e com diversas perfurações pelo corpo, provocadas possivelmente por arma branca. Após autorização do proprietário da quitinete, o quarto de um homem, que havia discutido momentos antes com a vítima, foi arrombado.

Logo em seguida, uma testemunha chegou e relatou que o suspeito de ter cometido o crime era marido da vítima. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) apenas constatou o óbito da mulher. 

Foram realizadas rondas pela região, mas o criminoso não foi encontrado. A identificação dele foi possível após os vizinhos confirmarem ter havido uma discussão entre o homem e sua mulher, antes do crime ser consumado. O caso é tratado como feminicídio pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários