Taxista pula de carro em movimento e causa acidente ao ser obrigado a dirigir para assaltantes em MT | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

POLÍCIA Domingo, 03 de Junho de 2018, 11h:42 | - A | + A




CUIABÁ

Taxista pula de carro em movimento e causa acidente ao ser obrigado a dirigir para assaltantes em MT

Táxi bateu em veículos que estavam estacionados em frente a uma sorveteria. Vítima dirigia carro sob a mira de um revólver

Por: G1

Um taxista foi mantido refém por assaltantes na noite dessa sexta-feira (1º), em Sinop, a 503 km de Cuiabá, e obrigado a dirigir, após um assalto à casa dele.

Durante o percurso, sob a mira de um revólver, ele pulou do carro ainda em movimento.

Em seguida, o veículo bate em uma motocicleta e um carro que estavam parados em frente a uma sorveteria, deixando os clientes estabelecimento assustados, como mostram imagens das câmeras de segurança da sorveteria, que flagraram a cena.

Em outro vídeo, dá para ver os criminosos correndo, ao tentarem fugir da polícia. Eles foram presos.

À polícia, o taxista contou que estava chegando em casa com um galão de combustível para abastecer o carro dele e esqueceu o portão aberto. Nisso, os dois criminosos invadiram o local, anunciaram o assalto, o mantiveram refém por cerca de 40 minutos.

Os assaltantes pegaram vários objetos da casa, entre eles um aparelho de TV e dois notebooks, além de uma quantia em dinheiro. Durante o roubo, segundo a vítima relatou à polícia, os homens agiram com violência, inclusive causando ferimentos na perna dele.

Na fuga, um dos assaltantes pediu uma carona ao taxista, até uma estrada do município, mas antes de chegar no local indicado por eles a vítima se apavorou e pulou do carro, que bateu nos veículos que estavam estacionados. Ninguém se feriu.

À polícia, o taxista relatou que os assaltantes não sabiam dirigir e pediram que ele dirigisse para eles

 
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários