Apenas dois candidatos indígenas concorrem para deputado em Mato Grosso  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 23 de Setembro de 2018

POLÍTICA Sexta-feira, 14 de Setembro de 2018, 10h:49 | - A | + A




Eleições 2018

Apenas dois candidatos indígenas concorrem para deputado em Mato Grosso

Gregório Marinatse e Milton Jorge Turi Rondon concorrem para Câmara Federal

Por: Helena Corezomaé

Em Mato Grosso somente dois indígenas concorrem cargos eletivos: Gregório Warinatsé Abhood (PV), do povo Xavante, e Milton Jorge Turi Rondon (PSOL), indígena Terena, para Câmara Federal. Matudjo Metuktire (PSOL), sobrinho do Cacique Raoni do povo Kayapó, que concorria para deputado estadual desistiu da candidatura por motivos pessoais. 

O estado possui 10.725 mil eleitores indígenas aptos a votar e dispõe de 40 locais de votação, que funcionam nas escolas das Aldeias ou em escolas rurais, conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). 

O candidato Rondon Milton Jorge Turi Rondon, o ‘Cacique Rondon’, do povo Terena, chegou a disputar em 2010 o cargo de deputado estadual, mas com apenas 458 votos não foi eleito.

Entre suas propostas estão à luta pela demarcação dos territórios indígenas, o fim de loteamento dos cargos da saúde indígena, exigência de profissionais com experiência em saúde indígena, o combate à criminalização dos movimentos de luta pela terra e a luta pela educação dos indígenas nas universidades federais.

Pelo PV, Gregório Warinatsé Abhoodi, de 45 anos, que terá o nome ‘Gregório Marinatse’ nas urnas também é uma opção para deputado federal.

APOIO DOS POVOS INDÍGENAS

Em outubro de 2017, na aldeia Rio Verde, em Campo Novo do Parecis (396 Km a Noroeste de Cuiabá), aconteceu a Assembleia Geral da Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso (FEPOIMT). No evento os participantes escolheram representantes indígenas para disputar as eleições de 2018 e o cacique Rondon foi um deles.

O presidente da FEPOIMT, Crisanto Xavante, declarou que “é muito importante apoiar os parentes, e que eles foram escolhidos como representantes dos povos indígenas”. 

Na Assembleia estiveram presentes mais de 800 indígenas, com 140 delegados representantes de 40 mil indígenas das 43 etnias do estado. Na ocasião, houve um debate político sobre as principais reivindicações indígenas, formas de intensificá-las e a necessidade de eleger parlamentares indígenas para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e para o Congresso Nacional. 

DEPUTADO INDÍGENA

O único deputado indígena na história do Brasil foi Mario Juruna, do povo Xavante de Barra do Garças, eleito em 1982 pelo PDT no Rio de Janeiro. Juruna ficou famoso pela defesa incansável da demarcação de territórios indígenas e por gravar tudo nos gabinetes em Brasília. O que ele queria provar com isso é que as autoridades brasileiras são demagogas, ou seja, prometem e não cumprem. O líder faleceu em 2002.

Agência Brasil

juruna

 

 



 
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

India - 14-09-2018 14:53:55

Que pena, precisamos de mais representatividade na política

Responder

4
0


jose antonio silva - 15-09-2018 06:12:03

Mais de 10 mil índios aptos a votar em MT! E conseguiu apenas 458? Dia 11 desse mes no trajeto entre B.Garças e P. Leste, na Br 70, transitando por terras indígenas, um índio em um fiat uno (só o motorista) não deu carona a duas mulheres e uma criança (indígenas). Como conseguir alguma coisa, se nem entre eles existe união? É uma raça que deveria se unir, para tentar ao menos, conseguir algo, por intermédio de um deles ou fechando apoio a algum candidato "branco"! Mas nem isso conseguem! Então estão fadados ao fracasso, sempre.

Responder

1
1


2 comentários

coluna popular
Milionários do agronegócio tem plano “A, B e C”
Selma anda enrolada em bandeira de outro estado
Wellington reúne centenas de pessoas em caminhada
Morrem peixes em massa na Salgadeira
Mulher chora ao encontrar "o professor"

Últimas Notícias
23.09.2018 - 10:45
23.09.2018 - 09:11
23.09.2018 - 08:56
23.09.2018 - 08:09




Informe Publicitário