Justiça isenta Jayme Campos de propaganda eleitoral extemporânea | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

POLÍTICA Quarta-feira, 18 de Julho de 2018, 18h:03 | - A | + A




ELEIÇÕES 2018

Justiça isenta Jayme Campos de propaganda eleitoral extemporânea

Juiz considerou a publicação acusada indiferente eleitoralmente

Por: Vitória Tumelero

O candidato ao Senado pelo DEM, Jayme Campos, foi isentado da acusação de realizar propaganda eleitoral extemporânea. O juiz federal Paulo Alves Cézar Sodré, do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso(TRE-MT), alegou em sua decisão que a acusação é de indiferença eleitoral.

O inquérito foi instaurado pelo Ministério Público Eleitoral, referente a uma postagem no Facebook de Jayme Campos, do dia 13 de julho, em que dizia:

“Pessoal, como vocês puderam acompanhar na mídia, eu e o Mauro Mendes decidimos que vamos trabalhar para viabilizar a nossa candidatura ao Senado e ao Governo, respectivamente. Estamos abertos para ouvi-los e decidirmos JUNTOS qual é o Mato Grosso que queremos. Espero contar com o apoio de vocês nessa caminhada! #JaymeCampos #DEM #MT #25.”

A ação foi negada pela Justiça Eleitoral, onde Sodré justificou que as hashtags(#) utilizadas por Jayme Campos ao final da postagem, apenas fazem referência à sigla (#DEM) e ao número do partido (#25). “O uso classicamente reconhecidos como caracterizadores de propaganda, quando desacompanhado de pedido explicito de votos, não enseja irregularidades”, pontuou o juiz federal.

A defesa do pré-candidato afirmou que a postagem foi somente uma maneira de ouvir a população sobre Jayme concorrer a uma vaga no Senado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários