Estudantes da UFMT em Rondonópolis mantêm greve mesmo após anúncio de suspensão de reajuste | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

SINDICATOS Quinta-feira, 17 de Maio de 2018, 16h:21 | - A | + A




REIVINDICAÇÃO

Estudantes da UFMT em Rondonópolis mantêm greve mesmo após anúncio de suspensão de reajuste

Por: G1

Os estudantes do campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, continuam em greve sem previsão de término, mesmo depois que a reitoria da instituição de ensino voltar atrás e suspender o reajuste da refeição no Restaurante Unversitário (RU), de R$ 1 para R$ 5.
 
Acontece que os alunos também estão reivindicando mais participação no Conselho Superior da UFMT, onde são debatidos os assuntos de interesse da comunidade acadêmica.
 
A suspensão do reajuste no valor do restaurante universitário foi anunciada nessa terça-feira (15). A decisão ocorreu após protestos de estudantes, greve dos estudantes e ocupações em campus da instituição de Cuiabá.
 
A greve, decidida na semana passada, foi tomada contra a mudança na política de alimentação e cortes no orçamento da instituição.
 
De acordo com a UFMT, a decisão de suspensão do reajuste será até dezembro deste ano e foi encaminhada aos estudantes como forma de garantir o debate com a comunidade acadêmica.
 
No documento enviado pela reitoria aos comandos de greve dos estudantes e Diretório Central dos Estudantes (DCE’s) dos campus de Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Araguaia e Rondonópolis, há o compromisso de construir uma nova política de alimentação a partir de 2019.
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários