Reforma administrativa para quem? | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020

ARTIGOS Segunda-feira, 14 de Setembro de 2020, 10h:52 | - A | + A




Reforma administrativa para quem?

Reforma administrativa para quem?

WhatsApp Image 2020-09-14 at 10.24.15.jpeg

 

Sob a frase “conhecereis a verdade”, foi encaminhada no dia 3 de setembro pela Presidência da República para o Congresso Nacional a Reforma Administrativa identificada como PEC 32/2020. Diante da iminente catástrofe ao serviço público, é necessário fazer alguns questionamentos.

A proposta reforça e cria duas classes no serviço público: a dos privilegiados e a dos não privilegiados, quando retira e reclassifica as carreiras típicas de estado, que são carreiras de natureza finalísticas, indispensáveis para a existência ou representação do Estado, entre elas de parlamentares, juízes, desembargadores, ministros de tribunais superiores, promotores e procuradores, mantendo-os como um grupo de privilegiados dentro do serviço público.

Se utilizando de um discurso já conhecido e construído a muito tempo, discurso esse que inculca na mente da população a ineficiência do serviço público e que para corrigi-la é necessário o aumento de produtividade, digitalização dos serviços, extinção de cargos e que a meritocracia deve ser o único critério de manutenção no serviço público, o governo trabalha para a aprovação da PEC que infelizmente nada propõe sobre a falta de estrutura e condições de trabalho que tanto limitam a atuação do servidor público.

A lei que regula a relação entre os servidores públicos e a administração para a prestação de serviços públicos pela administração direta, pelas autarquias e pelas fundações é conhecido como Regime Jurídico Único – RJU – que está instituído na Lei n.º 8.112/90. O RJU traz de forma unificada um conjunto de direitos, deveres, garantias, vantagens, proibições, penalidades aplicáveis, formas de ingresso, auxílios, capacitações, licenças, entre outros.

Há direitos? Sim! Mas também há deveres. E muitos!

Mudanças realmente precisam ser feitas, pois existe dinamismo no trabalhar e no "fazer” ao público. No entanto, da forma como a reforma está sendo proposta pelo governo, se aprovada, vai penalizar mais somente os servidores que já estão “na ponta” do sistema, sem abordar ou resolver outras questões que tanto afetam o resultado final do seu trabalho e, consequentemente, o serviço que o cidadão recebe.

Essa reforma reforça as desigualdades entre os diversos membros que compõe funcionalismo público criando um grupo de “super privilegiados” e acentuando ainda mais o abismo que já existia na esfera pública. Não podemos aceitar isso!

 DEIVER ALESSANDRO TEIXEIRA é professor do IFMT, diretor-geral do campus Bela Vista.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Ansiosos pelas eleições municipais
Mais esperada que o fim da quarentena
Parlamentares buscam estratégias
Deputado quer apoiar coronel Fernanda
Expulsou profissionais da TV Centro América

Últimas Notícias
20.09.2020 - 19:00
20.09.2020 - 18:54
20.09.2020 - 14:25
20.09.2020 - 12:15
20.09.2020 - 12:13


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário