Brasil pode virar Venezuela em um ano e meio, diz Guedes | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 21 de Abril de 2021

BRASIL Terça-feira, 02 de Março de 2021, 16h:23 | - A | + A




EU AVISEI

Brasil pode virar Venezuela em um ano e meio, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Brasil mergulhará no caos se não aprovar a PEC Emergencial, com suas contrapartidas, para retomar o pagamento do auxílio emergencial. Em entrevista a Thiago Nigro, do podcast da consultoria Primo Rico, Guedes criticou a possibilidade de o Congresso aprovar a proposta de emenda à Constituição sem proibir reajustes salariais no serviço público, por exemplo. Essa é ideia de parte dos parlamentares, que já derrubaram a sugestão do governo de eliminar os pisos de gastos com saúde e educação. Segundo ele, o Brasil corre o risco de repetir a situação de países vizinhos que enfrentam grave crise econômica por conta do descontrole fiscal.

"Seguramente, para virar Argentina, [serão necessários] seis meses. Para virar Venezuela, um ano e meio. Se fizer errado, vai rápido. Quer virar Estados Unidos ou Alemanha, dez ou 15 anos na outra direção", afirmou o ministro. Em seguida, Guedes ressaltou que havia exagerado na estimativa. "Estamos falando para muita gente. Estou exagerando. É bem mais moderado. Leva uns três anos para virar Argentina e uns cinco ou seis anos para virar Venezuela", ponderou.

Guedes cobrou do Congresso a aprovação de uma reforma administrativa como contrapartida para o auxílio emergencial. "Vamos prorrogar o auxílio. Estamos empurrando dívidas para nossos filhos e netos. Mas me dá uma reforma administrativa aqui, que não tenha salários tão altos para os entrantes [no serviço público]", disse o ministro. "É guerra, mas você não faz sacrifício nenhum?"

Para o ministro, só é possível empurrar a dívida para frente se houver compensações. "Tentou empurrar custo para futuras gerações, juros começam a subir, acaba o crescimento econômico, começa a confusão, o endividamento em bola de neve, a confiança do investidor desaparece, interrompe a criação de emprego, renda e inovação, aumenta o desemprego, caminho da miséria, caminho da Venezuela, caminho da Argentina. Está muito claro, caminho da esquerda, e tem o caminho da direita. Sem nenhuma conotação ideológica e política, por acaso é verdade."

Guedes, que poucas entrevistas tem dado a veículos de imprensa, participou por duas horas do podcast da consultoria Primo Rico. Segundo ele, o podcast tem mais audiência que os principais jornais do país.

"Curto prazo de hoje para daqui a seis meses, vacina, vacina, vacina, vacina em massa. Para a recuperação ser sustentável, todo mundo poder voltar ao trabalho, vamos dar um pouco de auxílio emergencial para quem ainda não se reequilibrou. Por outro lado, vamos acelerar e aprofundar as reformas. Senão, a economia capota ali na frente de novo", defendeu. Ao elogiar os apresentadores do programa, Guedes disse que "aparentemente" é um "fracasso" na comunicação. "Chuto dez e entra uma. E ainda dizem que eu não chuto", brincou.

O ministro afirmou que não pretende pedir para deixar o cargo. "Se ele [Bolsonaro] confia no meu trabalho e eu conseguir executar meu trabalho, tudo bem. Se ele não confiar, eu sou demissível em 30 segundos", disse Guedes.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Maque - 03-03-2021 00:14:41

O Brasil já passou por poucas e boas nos últimos 50 anos - não virou argentina, venezuela, estados unidos, Itália, Alemanha, Haiti, ou qualquer outro país que seja. O Brasil é o Brasil, com defeitos e qualidades, já sobreviveu a todo tipo de governantes. Não vai ser essa turma que aí está que vai trazer "salvação". O Brasil não precisa de "salvação"; precisa de competência e respeito à vida humana. Não vai ser com ameaças de virar isso ou aquilo que o progresso virá, que a vida das pessoas vai melhorar. Isso é mais um "conto do vigário", "conversa pra boi dormir", enquanto os grandes estão até ficando mais ricos com a desgraça alheia. Volta pra Chicago, meu senhor! Lá, o senhor será respeitado como merece.

Responder

11
1


1 comentários

coluna popular
“Bronca” de Bezerra
Tratamento contra Covid-19
Imunização contra Covid
Em isolamento
‘Fofoca’

Últimas Notícias
20.04.2021 - 23:13
20.04.2021 - 21:21
20.04.2021 - 21:04
20.04.2021 - 20:40
20.04.2021 - 20:31




Informe Publicitário