Menina se recusa cumprimentar Bolsonaro em evento de Páscoa | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 16 de Julho de 2019

BRASIL Sábado, 20 de Abril de 2019, 06h:51 | - A | + A




Em queda

Menina se recusa cumprimentar Bolsonaro em evento de Páscoa

Gesto é repetido 40 anos depois do ditador General Figueiredo

A popularidade do presidente Jair Bolsonaro (PSL), vem caindo tanto, que chegou até às crianças, que consomem pouca informação sobre política. A cada pesquisa divulgada, Bolsonaro está mais em baixa, também entre os menores.

Na última quarta-feira (17), em uma cerimônia de Páscoa com crianças de uma escola pública de Brasília no Palácio do Planalto, uma menina identificada como Yasmin se recusou a cumprimentar o presidente.

Depois de dar a mão para algumas crianças e pegar outras no colo, o capitão da reserva estendeu o braço para a menina, que manteve os braços cruzados e fez sinal de negativo com a cabeça.

Ditadura - 40 anos depois

Em 1979, em plena ditadura militar, Rachel Coelho Menezes de Souza também deixou o general João Figueiredo no vácuo.

Ela tinha 5 anos e seu pai iria almoçar com Figueiredo no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte.

A foto acabou sendo um dos símbolos dos estertores da ditadura.Assista: 

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

moreira - 21-04-2019 11:16:55

Fake News!!! Mas antes ele disse: Você é Palmeiras? Aí a menina recusou a dar o joinha porque era flamenguista kkkkkkkkkkkkkkk eita mídia do Brasil...já perderam todos os limites.

Responder

1
0


Antonio - 21-04-2019 06:49:22

O governo Bolsonaro não é diferente de nenhum governo anterior. Não tem capacidade de governar e usa o toma-lá dá cá. Também povoado de histórias de corrupção, como por exemplo, seus diversos ministros envolvidos em falcatruas: General Heleno (Segurança Institucional – fraude licitações), Onyx Lorenzoni (Casa Civil – delatado JBS), Paulo Guedes (Economia – fraudes operação greenfield), Luiz Henrique Mandetta (Saúde – fraude licitação, caixa 2 e candidaturas laranjas), Tereza Cristina (Agricultura – delatada JBS), Ricardo Salles (Meio Ambiente – condenado), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos – irregularidades ONG Atini e sequestro da menor índia Lulu), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia – empresa de fachada), Marcelo Álvaro Antonio (Turismo – fraudes INSS, Banco do Brasil e Laranjas), Gustavo Bebianno (Secretário Geral do Planalto - com várias candidaturas laranjas de caixa 2 e desvio de dinheiro público). Além dos DEZ ministros comprovadamente envolvidos em irregularidades e ainda tem: o movimento inexplicado de R$ 1,2 milhão pelo Fabrício Queiroz (ex-assessor do gabinete) que realizou de dezenas de depósitos em dinheiro na conta de Flávio Bolsonaro que até pagou um título de R$1 milhão de reais e ainda comprou R$4,2 milhões em imóveis para lavar propina; além disso o Flávio Bolsonaro mantém a Evelyn Queiroz como funcionária fantasma no seu gabinete na ALERJ e está envolvido 42 candidaturas laranjas por meio da empresa da sua assessora pessoal Alexandra Pereira. Ainda tem os cheques de Flávio Bolsonaro assinados pela senhor Valdenice Oliveira (mãe de miliciano fugido da justiça) que cuidou do financeiro da campanha Flávio Bolsonaro e cujo filho está envolvido com as investigações da morte da vereadora carioca Marielle. Não se esqueça que também tem o Luciano Bivar da direção do PSL envolvido com diversas candidaturas laranja para caixa 2 e desvio de recursos públicos. Não se esqueça do lider do governo no Senado, o senador Fernando Bezerra, envolvido em diversos inquéritos e processos criminais por uso irregularidades na aplicação de dinheiro público. O presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre é o protegido do governo Bolsonaro que ocultou e sonegou imóveis da justiça eleitoral, para simular que é pobre. Ainda mais, a primeira dama, Michelle Bolsonaro recebeu um depósito inexplicável de R$24 mil, de um empréstimo que não se consegue comprovar nada. A primeira dama, Michele Bolsonaro, é omissa na defesa da mulher e da criança, sendo conivente com a explosão de violência contra mulher que os Bolsonaros fizeram explodir no Brasil ao confrontar direitos femininos. O FALSO NACIONALISMO do Bolsonaro internacionalizou os recursos naturais brasileiros, especialmente amazônia, petróleo e minério, fez isso quando (1) entregou ao governo estadunidense a base aeroespacial de alcantara, (2) autorizou um fundo de pesquisa estadunidense sobre biodiversidade na amazônia, (3) autorizou a livre entrada e saída de pessoas ligadas a tais assuntos (ou seja, vão entrar e sair do país sem visto e sem controle da biodiversidade, fauna, flora e recursos minerais recolhidos no Brasil). É preciso abrir abir inquérito policial federal e apurar os crimes praticados por meio de ocupantes de cargos no governo federal que se comportam como MILICIANOS CIBERNÉTICOS NAS REDES SOCIAIS utilizando MENTIRAS, CALUNIAS E DIFAMAÇÃO contra a ordem social e política. Esses crimes são punidos pelas leis: Lei nº 1802/1953, 12735/2012, 12737/2012 e 12965/2015, bem como artigos 286 a 288 do CÓDIGO PENAL. INCLUSIVE INQUÉRITO POLICIAL CONTRA AS FAKENEWS DO PRÓPRIO MANDATÁRIO MAIOR DESSE PAÍS. AFINAL VAMOS OU NÃO VAMOS CUMPRIR A LEI? QUEM ERROU TEM DE PAGAR OU NÃO? Não vamos esquecer do arsenal de 117 fuzis e munições foi encontrado no condomínio de Bolsonaro, supostamente destinados ao abastecimento de milicias no RJ. Temos ainda o aumento do desemprego no país, que atingiu o record de 12,4%. Queda na exportações de carne por causa da política externa incorreta. Desgoverno total, sem projetos e sem noção de políticas públicas.

Responder

1
1


Artur Galvão - 20-04-2019 23:23:39

Mídia podre! Por que não coloca o vídeo real? Pq não explica realmente como foi o fato? No momento, Bolsonaro perguntou se todos eram palmeirenses, e a menina recusou dizendo que não! Como vcs têm coragem de publicar isso? Não têm o mínimo de decência. Eu teria vergonha de ser um profissional desse nível. Agora vão ter que engolir!!! Nojentos.

Responder

3
2


Carlos Nunes - 20-04-2019 08:38:41

Ih! Este é um período totalmente diferente daquele da tão propalada Ditadura...BOLSONARO foi eleito democraticamente com mais de 57 Milhões de votos. Ou a eleição dele não foi legal? Mas a atitude da criança que não cumprimentou foi boa...mostrou que impera no Brasil a Democracia, a Liberdade de Expressão, de Opinião, de Imprensa. Aqui, quando o Temer tá fazendo o discurso, o cara ou a cara que não gostava dele, gritava: Golpista! Quero ver fazer isso lá na Coreia do Norte, ou em Cuba, ou na China, ou na Rússia, todos socialistas/comunistas, alguém gritar: DITADOR! Chega na frente do líder da Coreia do Norte, e reclama de alguma coisa, pra ver o que acontece...Grita alguma coisa pra ele, pra ver. Ou não o cumprimenta, quando ele estender a mão.

Responder

9
4


4 comentários