Setasc irá discutir políticas públicas em defesa aos direitos da comunidade LGBTI | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019

CIDADES Sábado, 18 de Maio de 2019, 07h:19 | - A | + A




Setasc irá discutir políticas públicas em defesa aos direitos da comunidade LGBTI

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), através da Secretaria  Adjunta dos Direitos Humanos, trabalha para garantir a proteção dos direitos da comunidade LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgênero e intersex). Em virtude do Dia Internacional Contra a Homofobia, biofobia e transfobia, será realizado no dia 29 de maio, no auditório da OAB-MT, o II Seminário “Paremos a LGBTfobia – Promoção e Proteção à Cidadania LGBTI”. O evento visa discutir políticas públicas com as instituições e entiddes participantes. 

De acordo com o coordenador de Promoção de Diretos Humanos, Cristian Fernandes, a iniciativa é uma extensão do primeiro evento realizado que discutiu o tema no âmbito universitário. “Ampliamos essa discussão e, nesta edição do Seminário vamos tratar com as lideranças ações que visam diminuir o preconceito com a classe”. Ele ressalta que o papel fundamental na garantia e a promoção de direitos para população LGBT está no desenvolvimento das ações, programas, benefícios, serviços e projetos.  

“O tema é de extrema relevância, considerando que a cada 16 horas no Brasil, é registrado pelo menos uma vítima LGBT. Entre 2011 a 2019 foram contabilizados 4.422 mortes relacionado a LGBTfobia. Em Mato Grosso, foram cerca de 15 homicídios motivados por homofobia em 2018”. Conforme ele, é importante que a rede de atendimento incorpore ao trabalho social realizando a prevenção ao rompimento dos vínculos familiares que frequentemente acompanham a trajetória de vida da população LGBT.

Data contra a Homofobia

O Dia Internacional Contra a Homofobia (International Day Against Homophobia, em inglês) é comemorado em 17 de maio em homenagem a data em que o termo “homossexualismo” passou a ser desconsiderado e a homossexualidade foi excluída da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 17 de maio de 1990. No Brasil, esta data está incluída no calendário oficial do país desde 2010.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

jose a silva - 18-05-2019 08:22:33

SERÁ QUE A SOCIEDADE, A SOCIEDADE DE BEM, NÃO TEM NADA MAIS IMPORTANTE DO QUE SE IMPORTAR COM ABERRAÇÕES DA NATUREZA? ISSO É A TERRA DANDO O TROCO, EM VIRTUDE DA AÇÃO DO HOMEM, QUE ESTÁ DESTRUINDO O PLANETA! QUANTO MAIS ABERRAÇÕES DESSE TIPO SURGEM, MENOS POPULAÇÃO TERÁ NO PLANETA E ASSIM ELE CONSEGUIRÁ SUA SOBREVIVÊNCIA! E JACARÉS, TUBARÕES E ANIMAIS EM ZOOLÓGICOS PASSANDO FOME, COM TANTA MATÉRIA PRIMA SOBRANDO, PARA ALIMENTÁ-LOS! FALTA MOER!

Responder

0
0


1 comentários