Confira a entrevista com a candidata Solange Ramos do Partido Verde (PV) | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

ENTREVISTA Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018, 14h:10 | - A | + A




Muvuca Entrevista

Confira a entrevista com a candidata Solange Ramos do Partido Verde (PV)

Sol, como prefere ser chamada, quer fazer a diferença na ALMT com propostas para a comunidade LGBT


Redação

Solange Pereira Ramos, ou Sol como prefere ser chamada e como estará escrito na urna, é candidata à deputada estadual pelo Partido Verde (PV). Hoje com 30 anos de idade e uma vasta experiência profissional em diferentes funções ela quer fazer a diferença na Assembleia Legislativa com propostas para a comunidade LGBT.

Muvuca Popular: Por que a população de Mato Grosso deve votar em você para candidata a deputada estadual?

Sol: Eu acredito em uma renovação na política. Por quê, essa a política que temos já é velha, cheia de promessas e a gente tem que dar oportunidade para pessoas com uma vivência mais pé no chão, que entenda a população e possa buscar qualidade de vida.  

Muvuca Popular: No seu partido tem muitas candidatas mulheres, mas a gente observa a grande dificuldade que é uma candidata ser eleita. Hoje, a única mulher deputada na AL é a Janaina Riva e as pesquisas indicam que vai continuar sendo a única mulher na casa. Como mudar esse quadro? Como você está trabalhando sua campanha?

Sol: Primeiramente eu parabenizo a Janaína pelo trabalho como deputada. Eu acredito que que tudo é uma questão de oportunidade e confiança, se os eleitores conseguirem me dar esse voto para ter mais mulheres na política.  

Muvuca Popular: Conta um pouco sobre a sua trajetória de vida. Você é de Várzea Grande, onde você nasceu? Qual a sua história?

Sol: Eu nasci em Cuiabá, mas desde bebê os meus pais se mudaram para Várzea Grande. Eu estudei a vida inteira em escolas estaduais. Comecei a trabalhar muito cedo, foi uma questão que meu pai sempre ensinou a gente, o trabalho é que leva a gente a algum lugar, com simplicidade e honestidade, buscando sempre o respeito das pessoas. Então, aos meus treze anos já trabalhava numa casa de gesso. E quando meu pai foi para o sítio ele pediu que eu me dedicasse aos estudos. Aos 17 anos, quando terminei o ensino médio, fui para o sítio passar um tempo com eles. Lá, tive a oportunidade de exercer o cargo de professora, numa escola municipal dentro da comunidade, na cidade de Nossa Senhora de Livramento, na época, o Nenzinho era o prefeito e me deu essa oportunidade. Em 2007, aceitei o desafio de trabalhar como coordenadora da escola, devido aos projetos que a gente conseguiu, junto à Secretaria de Educação, para ampliação da escola, compra de material didático, aumento do número de alunos que eram muito poucos. Conseguimos levar o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) para a escola, além de conseguir a instalação elétrica, o que facilitou bastante a alfabetização, pois estudar na lamparina é difícil. Depois de uns anos eu decidi voltar a morar na cidade. Desde então, já trabalhei de moto táxi, na manutenção de prédio, com vendas, com mecânica de carros. O último emprego foi como entregadora, durante quatro anos. Há um ano estou parada e tocando um espeto como autônoma, com a minha companheira e minha sogra, no verdão.  

Muvuca Popular: Na sua trajetória de vida, você destaca essa grande experiência de quem superou muitos momentos difíceis à disposição para trabalhar pelo povo como deputada estadual? Quais são as suas propostas?

Sol: Eu acredito que a coragem de enfrentar os desafios, por que todas as áreas em que trabalhei, especialmente na pintura, são áreas que eu não conhecia o ofício, mas corri atrás e aprendi. Por exemplo, ao assumir a coordenação da escola e mesmo de ser professora, sem ter o diploma, não me impediu de tentar, batalhar e aprender. E isso me incentivou e me fez crer que eu posso sim entrar na Assembleia Legislativa, aprender e fazer projetos para o benefício da população de Mato Grosso.  

Muvuca Popular: Quais são as suas principais propostas?

Sol: Trazer qualidade de vida para o povo, olhar com bastante atenção para a segurança, saúde e educação. Legislar como alguém do povo.  

Muvuca Popular: E como tem sido suas conversas a comunidade LGBT? O que vc pensa em fazer por eles?

Sol: Eu participei de uma organização de luta pela causa LGBT, há alguns anos. Eu me dedicava a área esportiva. Só que me afastei. E a minha proposta, inicialmente, para a comunidade é trabalhar para que as pessoas consigam entender que somos iguais a todos. Nós merecemos respeito e oportunidades.  

Muvuca Popular: O que você acha do atual governo?

Sol: Sinceramente, a minha visão sobre esse governo é que é muito falho. Foram feitas muitas promessas que não foram cumpridas e eu senti que Mato Grosso deu uma parada no tempo.  

Muvuca Popular: O candidato a presidente Jair Bolsonaro está em primeiro lugar nas pesquisas. O que você pensa desse cenário?

Sol: Sobre o candidato Jair Bolsonaro eu sou contra a forma dele pensar. Acredito que, caso ele assuma a presidência, o nosso Brasil entrar em guerra.  

Muvuca Popular: Você apoia o Wellington Fagundes, por que você o considera um bom candidato para governar Mato Grosso?

Sol: O Wellington Fagundes, eu tive o prazer de conhecer pessoalmente, e me impressionou que a gente teve um mesmo ideal de criação, os lábios não conseguem emitir o que só os olhos conseguem mostrar. E eu senti no seu olhar a sinceridade. Tudo o que ele fala eu sinto a verdade. Quando ele afirma que vai trabalhar por Mato Grosso eu acredito, por que é da forma que eu penso. Não é promessa é vontade de trabalhar pelo nosso estado.

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Luciana - 21-09-2018 19:54:00

Parabéns.. estamos com vc...

Responder

8
2


1 comentários

coluna popular
Improbidade administrativa
Deu na Revista Época
Com 87 anos
Não terminou
Candidatos tentam surfar na onda

Últimas Notícias
20.10.2020 - 22:20
20.10.2020 - 21:46
20.10.2020 - 20:37
20.10.2020 - 19:31
20.10.2020 - 19:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário