Exclusivo: Delação de Alan Malouf incrimina Pedro Taques, cita Mauro Mendes e empresários | MUVUCA POPULAR

Domingo, 19 de Maio de 2019

ESPECIAL Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018, 19h:30 | - A | + A




Bomba! Bomba! Bomba!

Exclusivo: Delação de Alan Malouf incrimina Pedro Taques, cita Mauro Mendes e empresários

Esquema de pagamento através de Caixa 2 foi revelado.

A proposta confidencial de colaboração premiada junto a Procuradoria Geral da República, formulada por Alan Ayoub Balouf, ex-tesoureiro da campanha do governador Pedro Taques em 2014, foi vazada com exclusividade para o Muvuca Popular.

O documento com mais de mil páginas, cita detalhes escabrosos de um dos casos mais arrepiantes de corrupção no estado, abarcando o bojo da “Operação Rêmora” e “Operação Sodoma”.

Na proposta, Alan confessa que buscou recursos financeiros de empresários e empreiteiros como Juliano Bortoloto, Fernando Minosso, Erivelton Gasques e Erai Maggi. Segundo Malouf o grupo se reuniu diversas vezes, e em algumas houve a participação do próprio Taques, e seu primo, Paulo Taques.

O delator revela também que Willian Mishur, dono da Consignum (empréstimos consignados), teve uma reunião com o grupo arrecadador e ‘esclareceu’ que pagava entre R$500 mil e R$ 1milhão de reais/mês de propina para Silval Barbosa, e queria continuar com seus ‘serviços’. O empresário revela que não concordou com o método, mas o então coordenador jurídico da campanha, Paulo Taques, aceitou de Mishur uma doação de R$ 900 mil não contabilizados, e disse que Pedro Taques sabia da transação.

Para 'esquentar' o dinheiro da doação, o empresário Donizete Aguilera Castrillon, recebeu o montante em espécie e depois fez uma doação oficial para a campanha de Taques no valor de R$ 400 mil. Depois já como governador, Pedro Taques concordou em manter a Consignum recebendo no governo, para 'pagar as doações feitas' pela empresa durante a campanha. O primo do governador, Paulo, chegou a ser citado como beneficiário do esquema. O governador, por sua vez, cumpriu outra parte do acordo mantendo a Consignum por mais 20 meses.

Mauro Mendes

Uma das reuniões do grupo financeiro de Taques, aconteceu na casa do ex-prefeito de Cuiabá e governador eleito, Mauro Mendes (DEM). De acordo com o relato, nessa reunião que teve Mauro Mendes como anfitrião, o empresário Mishur levou um “pernil de carneiro” de presente para Pedro Taques. Pedro e Mauro, na ocasião, eram cúmplices.

A certa altura o documento mostra uma reportagem do site Muvuca Popular, dando conta que o governo recontratou a empresa Consignum, destacando que ela se manteve no governo Taques pagando dobrado a propina que pagava no governo de Silval Barbosa.

A matéria explica que, pelos dois contratos publicados no Diário Oficial a Consignum conseguiu um aditivo de 90 dias, o que garantiu sua participação oficial no governo até o dia 13 de maio. Já no segundo aditivo a empres alongou sua permanência no governo Taques até 13 de agosto, e assim foi indo, por 2 anos.

Sede ao pote

A sede por dinheiro era tanta, que teve empresário sendo ‘visitado’ mais de uma vez pelo grupo para contribuir a campanha de Taques. O dono da construtora HL, uma das que mais receberam obras do atual governo, chegou a chamar atenção de Malouf e Pascoal Santulo Neto (coordenador da campanha de Mauro Mendes). “Vocês precisam se organizar melhor entre vocês”, disse o empreiteiro, ao receber o pedido de dinheiro pela segunda vez. O empreiteiro disse que o primo do governador, Paulo Taques, já havia passado e feito o ‘arrastão’, sendo que Paulo pegou só com este empresário meio milhão de reais, 'por fora'.

O grupo também pagou parte do marketing do governador, sendo que R$ 700 mil saíram via Caixa 2 para o marqueteiro de sua campanha.Além deste, outros casos foram descobertos através de uma planilha citando plano de mídia para diversos veículos de comunicação do estado, com o carimbo 'pago'.

(Continua...)

P.S. Neste sábado e domingo o MPopular dá sequencia a reportagem especial, onde divulgará outra relação de envolvidos.

delação
delação

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Paulo - 22-10-2018 08:56:31

Tudo pelo poder. Antero se supera a cada campanha com sua forma conhecida O Comitê da Maldade. Ele não tem bandeira apenas gana e ainda abre a boca para denegrir pessoas aliatoriamente? ANTERO, E AS EMPRESAS CASA D´IDEIAS, FCS E VETOR PESQUISAS RECEBERAM DE CAIXA 2 QUASE R$ 2 MILHÕES http://www.pagina12.com.br/antero-e-as-empresas-casa-dideias-fcs-e-vetor-receberam-de-caixa-2-quase-r-2-mi Que tal?

Responder

1
0


Alysson - 22-10-2018 08:44:20

Poxa Muvuca o site que temos com mais credibilidade agora está retendo comentários também? [21/10 15:37] Xuxu Luis Fernando: A revelação foi feita pelo colaborador, aceita pelo STF e liberada para divulgação pelo relator, o ministro Marcos Aurélio de Melo. Segundo Malouf na delação, o governador autorizou o jornalista Gustavo de Oliveira (Proprietário do Jornal Diário de Cuiabá) a efetuar os pagamernto0s para a imprensa, neste caso os sites denunciados. Pedro Taques teria feito pagamentos ´por fora´ (caixa 2) para os sites de notícias, para: “desautorizar as versões do colaborador, no sentido de que este estaria a falar indevidamente em nome do Governador”, relatou Malouf no acordo junto ao MPF e homologada pelo STF. Na denuncia, o colaborador anexou uma planilha com os pagamentos feitos aos sites, cujo valores são: 01) Olhar Direto – R$ 50 mil, pagamentos feitos nos dias: 20/08(R$12.500,00),03/09(R$12.500,00),18/09(R$12.500,00),01/10(R$12.500,00) 02) RD News - R$ 80 mil, pagamentos feitos nos dias: 08/08 (R$ 20.000,00), 20/08(R$ 20.000,00), 10/09(R$ 20.000,00), 30/09(R$ 20.000,00) 03) Mídia News – R$ 60 mil, pagamentos feitos nos dias: 19/09 (R$ 15.000,00), 03/09 (R$ 15.000,00), 18/09 (R$ 15.000,00), 01/10 (R$ 15.000,00) 04) Repórter MT – R$ 20 mil, pagamentos feitos nos dias: 20/08 (R$ 10.000,00), 03/09 (R$ 10.000,00) 05) Folha Max – R$ 40 mil, pagamentos feitos nos dias: 08/08 (R$ 10.000,00), 20/08 (R$ 10.000,00), 10/09 (R$ 10.000,00), 30/09 (R$ 10.000,00) As denúncias desmistificam Pedro Taques, como sendo um político aguerrido e com uma eloquente oratória considerada exemplar em defesa dos mais oprimidos, para se tornar à materialização do que a atividade política tem de mais degradante: a mentira, a corrupção, as práticas fraudulentas, a falsidade, a irresponsabilidade, o desprezo com a sociedade, e o promiscuo relacionamento com gângster, prática esta condenada pela sociedade moderna. http://www.pagina12.com.br/as-duas-faces-de-pedro-com-a-imprensa-delator-afirma-que-sites-receberam-caixa-2

Responder

1
0


Colirio - 19-10-2018 21:05:54

FATO XV - DELAÇÃO ALAN MALUF - STF PROCEDIMENTO n° 1.1111.000.001718/2017-14 -0 - SELMA ARRUDA Narra que Fábio Galindo - ex-promotor de justiça, que compôs a Secretaria de Segurança do Estado do Mato Grosso - após se exonerar, ofereceu ao colaborador e a outro empresário (dado não ficou suficientemente claro) uma "estratégia" para blindar o colaborador de ações junto ao GAECO, informando ser muito próximo do coordenador, Marco Aurélio e da juíza da 7' vara de Cuiabá, Selma Arruda. Cobrou-lhe R$ 3.000.000,00, para tanto. Aponta, como possível elemento de corroboração o levantamento das ERBs de Fábio Galindo no dia 20.3.2016, apontando os terminais utilizados por ele à época. Decisão JUDICIAL: vedação ao envio à 7" Vara Criminal Comum de Cuiabá, mencionada nas declarações DO DELATOR A JUIZA SELMA ARRUDA.

Responder

12
0


Marilia França - 19-10-2018 20:30:52

Esses sites, exceto o Muvuca, são todos podres...chantagistas...e ajudam a sustentar os governos corruptos como do Silval e Pedro Taques. Agora ta provado...e o que eles vão falar...

Responder

23
2


Carlos Nunes - 19-10-2018 20:22:04

Essa delação devia ter sido divulgada pros eleitores ANTES DA ELEIÇÃO...igualzinho a delação do Palocci. Seria bom saber de tudo ANTES do dia 28 de outubro. Quem sabe abria os olhos do povo brasileiro...e mostrasse Quem é Quem. Do que adianta o povo ficar sabendo de tudo...depois da eleição. Absolutamente nada.

Responder

19
2


Eugenio - 19-10-2018 20:16:07

Acho que o anão sai do palácio algemado. Aposto 5 x1

Responder

24
2


6 comentários