Exclusivo: Delação de Alan Malouf incrimina Pedro Taques, cita Mauro Mendes e empresários | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 31 de Março de 2020

ESPECIAL Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018, 19h:30 | - A | + A




Bomba! Bomba! Bomba!

Exclusivo: Delação de Alan Malouf incrimina Pedro Taques, cita Mauro Mendes e empresários

Esquema de pagamento através de Caixa 2 foi revelado.

A proposta confidencial de colaboração premiada junto a Procuradoria Geral da República, formulada por Alan Ayoub Balouf, ex-tesoureiro da campanha do governador Pedro Taques em 2014, foi vazada com exclusividade para o Muvuca Popular.

O documento com mais de mil páginas, cita detalhes escabrosos de um dos casos mais arrepiantes de corrupção no estado, abarcando o bojo da “Operação Rêmora” e “Operação Sodoma”.

Na proposta, Alan confessa que buscou recursos financeiros de empresários e empreiteiros como Juliano Bortoloto, Fernando Minosso, Erivelton Gasques e Erai Maggi. Segundo Malouf o grupo se reuniu diversas vezes, e em algumas houve a participação do próprio Taques, e seu primo, Paulo Taques.

O delator revela também que Willian Mishur, dono da Consignum (empréstimos consignados), teve uma reunião com o grupo arrecadador e ‘esclareceu’ que pagava entre R$500 mil e R$ 1milhão de reais/mês de propina para Silval Barbosa, e queria continuar com seus ‘serviços’. O empresário revela que não concordou com o método, mas o então coordenador jurídico da campanha, Paulo Taques, aceitou de Mishur uma doação de R$ 900 mil não contabilizados, e disse que Pedro Taques sabia da transação.

Para 'esquentar' o dinheiro da doação, o empresário Donizete Aguilera Castrillon, recebeu o montante em espécie e depois fez uma doação oficial para a campanha de Taques no valor de R$ 400 mil. Depois já como governador, Pedro Taques concordou em manter a Consignum recebendo no governo, para 'pagar as doações feitas' pela empresa durante a campanha. O primo do governador, Paulo, chegou a ser citado como beneficiário do esquema. O governador, por sua vez, cumpriu outra parte do acordo mantendo a Consignum por mais 20 meses.

Mauro Mendes

Uma das reuniões do grupo financeiro de Taques, aconteceu na casa do ex-prefeito de Cuiabá e governador eleito, Mauro Mendes (DEM). De acordo com o relato, nessa reunião que teve Mauro Mendes como anfitrião, o empresário Mishur levou um “pernil de carneiro” de presente para Pedro Taques. Pedro e Mauro, na ocasião, eram cúmplices.

A certa altura o documento mostra uma reportagem do site Muvuca Popular, dando conta que o governo recontratou a empresa Consignum, destacando que ela se manteve no governo Taques pagando dobrado a propina que pagava no governo de Silval Barbosa.

A matéria explica que, pelos dois contratos publicados no Diário Oficial a Consignum conseguiu um aditivo de 90 dias, o que garantiu sua participação oficial no governo até o dia 13 de maio. Já no segundo aditivo a empres alongou sua permanência no governo Taques até 13 de agosto, e assim foi indo, por 2 anos.

Sede ao pote

A sede por dinheiro era tanta, que teve empresário sendo ‘visitado’ mais de uma vez pelo grupo para contribuir a campanha de Taques. O dono da construtora HL, uma das que mais receberam obras do atual governo, chegou a chamar atenção de Malouf e Pascoal Santulo Neto (coordenador da campanha de Mauro Mendes). “Vocês precisam se organizar melhor entre vocês”, disse o empreiteiro, ao receber o pedido de dinheiro pela segunda vez. O empreiteiro disse que o primo do governador, Paulo Taques, já havia passado e feito o ‘arrastão’, sendo que Paulo pegou só com este empresário meio milhão de reais, 'por fora'.

O grupo também pagou parte do marketing do governador, sendo que R$ 700 mil saíram via Caixa 2 para o marqueteiro de sua campanha.Além deste, outros casos foram descobertos através de uma planilha citando plano de mídia para diversos veículos de comunicação do estado, com o carimbo 'pago'.

(Continua...)

P.S. Neste sábado e domingo o MPopular dá sequencia a reportagem especial, onde divulgará outra relação de envolvidos.

delação
delação

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Paulo - 22-10-2018 08:56:31

Tudo pelo poder. Antero se supera a cada campanha com sua forma conhecida O Comitê da Maldade. Ele não tem bandeira apenas gana e ainda abre a boca para denegrir pessoas aliatoriamente? ANTERO, E AS EMPRESAS CASA D´IDEIAS, FCS E VETOR PESQUISAS RECEBERAM DE CAIXA 2 QUASE R$ 2 MILHÕES http://www.pagina12.com.br/antero-e-as-empresas-casa-dideias-fcs-e-vetor-receberam-de-caixa-2-quase-r-2-mi Que tal?

Responder

1
0


Alysson - 22-10-2018 08:44:20

Poxa Muvuca o site que temos com mais credibilidade agora está retendo comentários também? [21/10 15:37] Xuxu Luis Fernando: A revelação foi feita pelo colaborador, aceita pelo STF e liberada para divulgação pelo relator, o ministro Marcos Aurélio de Melo. Segundo Malouf na delação, o governador autorizou o jornalista Gustavo de Oliveira (Proprietário do Jornal Diário de Cuiabá) a efetuar os pagamernto0s para a imprensa, neste caso os sites denunciados. Pedro Taques teria feito pagamentos ´por fora´ (caixa 2) para os sites de notícias, para: “desautorizar as versões do colaborador, no sentido de que este estaria a falar indevidamente em nome do Governador”, relatou Malouf no acordo junto ao MPF e homologada pelo STF. Na denuncia, o colaborador anexou uma planilha com os pagamentos feitos aos sites, cujo valores são: 01) Olhar Direto – R$ 50 mil, pagamentos feitos nos dias: 20/08(R$12.500,00),03/09(R$12.500,00),18/09(R$12.500,00),01/10(R$12.500,00) 02) RD News - R$ 80 mil, pagamentos feitos nos dias: 08/08 (R$ 20.000,00), 20/08(R$ 20.000,00), 10/09(R$ 20.000,00), 30/09(R$ 20.000,00) 03) Mídia News – R$ 60 mil, pagamentos feitos nos dias: 19/09 (R$ 15.000,00), 03/09 (R$ 15.000,00), 18/09 (R$ 15.000,00), 01/10 (R$ 15.000,00) 04) Repórter MT – R$ 20 mil, pagamentos feitos nos dias: 20/08 (R$ 10.000,00), 03/09 (R$ 10.000,00) 05) Folha Max – R$ 40 mil, pagamentos feitos nos dias: 08/08 (R$ 10.000,00), 20/08 (R$ 10.000,00), 10/09 (R$ 10.000,00), 30/09 (R$ 10.000,00) As denúncias desmistificam Pedro Taques, como sendo um político aguerrido e com uma eloquente oratória considerada exemplar em defesa dos mais oprimidos, para se tornar à materialização do que a atividade política tem de mais degradante: a mentira, a corrupção, as práticas fraudulentas, a falsidade, a irresponsabilidade, o desprezo com a sociedade, e o promiscuo relacionamento com gângster, prática esta condenada pela sociedade moderna. http://www.pagina12.com.br/as-duas-faces-de-pedro-com-a-imprensa-delator-afirma-que-sites-receberam-caixa-2

Responder

1
0


Colirio - 19-10-2018 21:05:54

FATO XV - DELAÇÃO ALAN MALUF - STF PROCEDIMENTO n° 1.1111.000.001718/2017-14 -0 - SELMA ARRUDA Narra que Fábio Galindo - ex-promotor de justiça, que compôs a Secretaria de Segurança do Estado do Mato Grosso - após se exonerar, ofereceu ao colaborador e a outro empresário (dado não ficou suficientemente claro) uma "estratégia" para blindar o colaborador de ações junto ao GAECO, informando ser muito próximo do coordenador, Marco Aurélio e da juíza da 7' vara de Cuiabá, Selma Arruda. Cobrou-lhe R$ 3.000.000,00, para tanto. Aponta, como possível elemento de corroboração o levantamento das ERBs de Fábio Galindo no dia 20.3.2016, apontando os terminais utilizados por ele à época. Decisão JUDICIAL: vedação ao envio à 7" Vara Criminal Comum de Cuiabá, mencionada nas declarações DO DELATOR A JUIZA SELMA ARRUDA.

Responder

12
0


Marilia França - 19-10-2018 20:30:52

Esses sites, exceto o Muvuca, são todos podres...chantagistas...e ajudam a sustentar os governos corruptos como do Silval e Pedro Taques. Agora ta provado...e o que eles vão falar...

Responder

23
2


Carlos Nunes - 19-10-2018 20:22:04

Essa delação devia ter sido divulgada pros eleitores ANTES DA ELEIÇÃO...igualzinho a delação do Palocci. Seria bom saber de tudo ANTES do dia 28 de outubro. Quem sabe abria os olhos do povo brasileiro...e mostrasse Quem é Quem. Do que adianta o povo ficar sabendo de tudo...depois da eleição. Absolutamente nada.

Responder

19
2


Eugenio - 19-10-2018 20:16:07

Acho que o anão sai do palácio algemado. Aposto 5 x1

Responder

24
2


6 comentários

coluna popular
Município ainda não teve nenhum caso confirmado
Parceria com o IFMT
Distribuição cestas básicas
Disse que Covid-19 é transmitido por pernilongo
"Muito bem e com muita energia", diz prefeito

Últimas Notícias
31.03.2020 - 15:26
31.03.2020 - 14:36
31.03.2020 - 13:31
31.03.2020 - 12:20
31.03.2020 - 11:13


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário