“Erro da equipe”, diz Flávio Bolsonaro sobre viagem para Noronha às custas do Senado | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021

GERAL Domingo, 01 de Novembro de 2020, 10h:26 | - A | + A




“Erro da equipe”, diz Flávio Bolsonaro sobre viagem para Noronha às custas do Senado

Senador tirou o final de semana para passear em Fernando de Noronha e queria pagar passagens com dinheiro público


Redação

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Em nota divulgada na noite deste sábado (31), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) responsabilizou sua equipe pelo fato de ter pedido reembolso do Senado para pagar as passagens aéreas de sua viagem ao arquipélago de Fernando de Noronha.

A denúncia de que o filho do presidente queria pagar seu passeio, que não inclui nenhum compromisso oficial relacionado ao seu mandato, foi feita pelo portal Metrópoles. Ao todo, entre todos os trechos de voos, o senador pediu reembolso de R$ 1.620,60 para que pudesse curtir o final de semana.

“O Gabinete do Senador Flávio Bolsonaro informa que houve um equívoco da equipe que emitiu as passagens para Fernando de Noronha. As passagens foram pagas pelo próprio senador, mas a equipe, por engano, pediu reembolso. Ele já fez a solicitação para cancelar o reembolso e para também cancelar os pedidos de diárias”, diz a nota do parlamentar.

Para entrar em Noronha, Flávio e sua esposa teriam apresentado laudos médicos que comprovariam que eles já tiveram Covid-19. O casal chegou à Noronha na quinta-feira (29) e, na sexta-feira (30), o ex-chefe de Fabrício Queiroz já foi visto por locais pescando com o dono de uma pousada de luxo. Ele retorna à Brasília na terça-feira (2), logo após o feriado de Finados.

Convescote na ilha

Flávio Bolsonaro, ao viajar para Fernando de Noronha, se junta a outros membros do governo que já estavam no arquipélago para um compromisso oficial e resolveram esticar a estadia para aproveitar o feriado: os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, além de Gilson Machado, presidente da Embratur.

A comitiva estava em visita oficial a Noronha para vistoria técnica do Parque Nacional Marinho em meio à onda de privatizações de parques nacionais pelo governo Jair Bolsonaro.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Bolão - 02-11-2020 22:02:55

Como diz o ditado "dinheiro de trouxa é fatura de malandro"! A familicia Bolsonaro gastando dinheiro suado do povo para viajar à Fernando de Noronha! A corrupção está mais forte do que antes! Fora Bolsonaro e toda a sua corja!

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Pai do medalhista internacional David Moura
Em 6 meses
Possível candidato a deputado estadual
"Gestão frutífera"
Covid-19

Últimas Notícias
26.01.2021 - 19:48
26.01.2021 - 19:00
26.01.2021 - 18:49
26.01.2021 - 18:31
26.01.2021 - 17:29




Informe Publicitário