Kalil propõe força tarefa e vai adotar medidas mais restritivas | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 21 de Abril de 2021

GERAL Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 07h:03 | - A | + A




Kalil propõe força tarefa e vai adotar medidas mais restritivas

Kalil.jpeg

 

Várzea Grande vai levar ao Governo de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá, parcerias da pactuação de combate a COVID 19, a formação de uma força tarefa para endurecer na fiscalização daqueles que preferem atuar na clandestinidade e colocando a vida das pessoas em risco.

Também retoma nesta terça-feira, 02 de março para aqueles acima de 80 anos e no dia 05 de março para os acima de 75 anos, no Centro Universitário Várzea Grande – UNIVAG, a vacinação para imunizar contra a COVID, tanto para os que vão receber a primeira dose como para os que irão receber a segunda dose.

As inscrições podem ser feitas pelo site oficial de Várzea Grande, www.varzeagrande.mt.gov.br na aba IMUNIZAÇÃO VÁRZEA GRANDE – CADASTRO PARA VACINA COVID 19.

Até este momento foram mais de 7 mil vacinas aplicadas para moradores de Várzea Grande, sendo que para cada vacina aplicada na primeira dose, a segunda dose correspondente fica guardada para evitar que não haja perda de prazos, pois a CoronaVac tem que ser aplicada as duas doses com intervalo de até 28 dias e a Oxford/AstraZeneca tem prazo de 90 dias entre as duas doses.

O prefeito Kalil Baracat sinalizou que algumas pessoas têm confundido a imunização com salvo conduto, ou seja, que estejam livres da doença, mas é preciso pensar naqueles que não foram vacinados e na possibilidade da reincidência da COVID, o que ainda está em estudo por cientistas e laboratórios.

As decisões foram tomadas neste sábado pela manhã pelo prefeito Kalil Baracat em reunião com alguns secretários determinando que o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus – COVID 19 de Várzea Grande passe a se reunir diariamente com avaliações na abertura do dia e no final, estude a possibilidade legal de cassar os Alvará de funcionamento daqueles que não respeitarem as regras da Organização Mundial de Saúde – OMS para não aglomeração, distanciamento social, uso de meios de biossegurança como máscara e álcool em gel, além de determinar um reforço orçamentário e financeiro para as áreas de saúde, social e de segurança que são as mais afetadas pela pandemia da COVID 19.

Em 2020, Várzea Grande aplicou mais de 15%, percentual estipulado em lei para a Saúde Pública e mais de 25% em Educação superando as expectativas.

“Não podemos colocar a vida das pessoas em risco por causa de alguns que não aceitam o princípio básico da vida que o seu direito termina aonde começa o das demais pessoas, ou vão continuar querendo contaminar e colocar em risco a vida de parentes, vizinhos, colegas de trabalho, enfim colocar em risco seres humanos”, disse o prefeito de Várzea Grande, refutando que o momento não é de negação e sim de todos caminharem em uma único sentido, debelar a COVID, pois existem outras doenças a serem tratadas.

Ele pontuou que Várzea Grande na pactuação com o Governo do Estado e com Cuiabá ficou com a parte Não COVID, ou seja, recebe os pacientes, estabiliza o quadro dos mesmos, regula e transfere para as unidades de internação e tratamento como o Hospital Metropolitano, Santa Casa de Misericórdia, HMC, Hospital Pronto Socorro de Cuiabá, Hospital São Benedito e Hospital Júlio Muller.

O secretário de Saúde, Gonçalo Barros, lamentou que muitos ainda desdenhem da doença e que muitas vidas já ceifadas caíram no esquecimento, “pois aqueles que choram por seus parentes, amigos, conhecidos, estes sabem o tamanho da dor e tendem a se cuidar e cuidar dos demais”, disparou ele.

O titular da Saúde Pública lembrou que a Administração Municipal não vai esmorecer e vai endurecer na fiscalização para impedir que os negacionistas tenham sucesso nesta empreitada contra a vida humana. “A vida sempre em primeiro lugar. O prefeito Kalil Baracat tem reiteradas vezes cobrado respeito a vida humana e ao modo de vida de todos. É claro óbvio que temos preocupação com a economia e com o trabalho de todas as pessoas, com a economia, pois o Poder Público funciona com o imposto recolhido dos contribuintes e se economia padece os recursos para áreas essenciais diminuem, mas voltamos a frisar a vida em primeiro lugar e uma saúde presente, eficiente e de resultados é o que o prefeito Kalil Baracat tem insistentemente cobrado”, disse Gonçalo Barros.

Para o prefeito Kalil Baracat o que se precisa neste momento é tranquilidade e união de esforços entre todos, Poderes Públicos nas esferas Federal, Estadual e Municipais, além da sociedade organizada como o comércio e a indústria e a população para que as medidas a serem adotadas tenham o esperado resultado. “Volto a frisar a vida em primeiro lugar, mas não podemos deixar de cuidar de outros setores que mantém a economia funcionando e os investimentos necessários e aprendermos a conviver com a COVID 19 que deve permanecer entre nós por muito tempo, como a Influenza (H1N1) e outras doenças. O mundo luta contra a COVID e a humanidade vai vencer mais este desafio, mas precisa aprender com ela para não cometer novos erros, independente de qualquer coisa”, disse Kalil Baracat.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
“Bronca” de Bezerra
Tratamento contra Covid-19
Imunização contra Covid
Em isolamento
‘Fofoca’

Últimas Notícias
20.04.2021 - 23:13
20.04.2021 - 21:21
20.04.2021 - 21:04
20.04.2021 - 20:40
20.04.2021 - 20:31




Informe Publicitário