Mãe é suspeita de matar o próprio filho de apenas 3 anos  | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

GERAL Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019, 08h:00 | - A | + A




LESÕES CORPORAIS

Mãe é suspeita de matar o próprio filho de apenas 3 anos

A mãe da criança e a companheira dela foram presas suspeitas do homicídio

 Foto: montagem 

Polícia Civil está investigando a morte do menino Davi Gustavo Marques de Souza, 3, que deu entrada em uma unidade de saúde de Nova Marilândia (392 km a Médio-Norte de Cuiabá) já sem vida e com sinais de espancamento. A mãe dele e a companheira dela foram presas suspeitas do homicídio.

De acordo com as informações, por volta das 19h30 de terça-feira (26), Davi deu entrada no Pronto-Atendimento da unidade de saúde já sem vida. Ele foi levado até o hospital pela sua madrasta, uma jovem de 22 anos. Assim que a equipe médica constatou a morte, ela deixou o local e a Polícia Militar foi acionada pelo secretário de saúde do município.

Em diligências, a polícia encontrou a madrasta e a mãe do menino, de 25 anos, na casa em que a família morava. Elas foram encaminhadas para o quartel da PM até a chegada da Polícia Civil.

Durante a ocorrência, a polícia recebeu denúncias de que Davi era agredido constantemente pelas mães. Uma das denúncias veio da própria família. A criança estava com várias escoriações e hematomas pelo corpo. Diante dos fatos, elas foram encaminhadas para a delegacia, onde prestaram depoimento.

Mae.jpg

 

A madrasta contou aos policiais que levou Davi para o hospital após ele reclamar de dores e que os hematomas são frutos de uma queda de bicicleta. Durante o atendimento médico, foi descoberto que Davi estava com uma fratura no fêmur.

A mulher justificou que foi uma queda enquanto jogava futebol. No entanto, denúncias relataram que a fratura se deve ao fato de o menino ter sido prensado no portão eletrônico da casa, inclusive confirmado pelo pai de Davi.

Nesse episódio, devido à gravidade, o pai do menino o trouxe para Cuiabá, onde um médico constatou que dificilmente a criança teria quebrado o fêmur no futebol, já que o osso estava quebrado em vários pontos.

O homem esteve na delegacia e comprovou a versão, apresentando ainda várias fotos que mostram lesões no corpo de Davi. O corpo do menino passará por necropsia para descobrir a causa da morte.

Prontuário médico do atendimento do óbito e também da consulta feita em Cuiabá foram entregues à Polícia Civil, bem como fotos que demonstram sinais de violência. Mãe e madrasta estão presas na delegacia da cidade.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(12) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

EDSON - 27-11-2019 19:49:31

VIXI.CARAMBA

Responder

0
0


Selena - 27-11-2019 11:26:16

Esta acontecendo tudo que está escrito na bíblia Pai misericórdia

Responder

0
0


Diego - 27-11-2019 11:24:50

Monstruosa! Um horror,Deus receba carinhosamente esse menino

Responder

1
0


Juliana - 27-11-2019 11:23:11

Por isso sou a favor do aborto, melhor matar antes do que depois

Responder

1
0


Beatriz - 27-11-2019 11:22:18

Isso não é mãe!!!

Responder

1
0


Julio Melson - 27-11-2019 11:20:51

Que absurdo meu Deus não precisava fazer isso Matar

Responder

1
0


Kaito - 27-11-2019 11:19:28

Quem for a favor do aborto tem que ficar caladinho e não dar um Pio sequer.

Responder

0
1


Mercia - 27-11-2019 11:18:46

Fim dos tempos mãe matando o própio filho!!

Responder

1
0


Jessica - 27-11-2019 11:18:14

Não há nada mais contraditório de que um ser humano gerar dá vida e depois matar

Responder

1
0


Marciara - 27-11-2019 11:17:10

Que Deus tenha misericórdia da alma desse anjinho, só Deus mesmo.

Responder

1
0


Mauricio Oliveira - 27-11-2019 11:16:17

Uma vaca dessas daqui uns dias está na rua

Responder

1
0


Jaqueline - 27-11-2019 11:15:36

Olha o monstro ai

Responder

1
0


12 comentários

coluna popular
Luto
Forças na ALMT
Oportunidade
Conselheiro do TCE
Eleições 2020

Últimas Notícias
03.08.2020 - 10:06
03.08.2020 - 09:53
03.08.2020 - 09:22
03.08.2020 - 08:54
03.08.2020 - 08:46




Informe Publicitário