Mendes não repassa recurso e estudantes começam ano letivo sem merenda | MUVUCA POPULAR

Domingo, 21 de Abril de 2019

GERAL Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019, 18h:17 | - A | + A




"Educação não é prioridade"

Mendes não repassa recurso e estudantes começam ano letivo sem merenda

Escolas compram fiado para conseguir iniciar o ano letivo na segunda

 

Dimas Antônio Silva, presidente do Conselho de Diretores de Escolas de Cuiabá e do Vale do Rio Cuiabá, informou ao emanuelzinhoque o governador Mauro Mendes (DEM) ainda não fez os repasses para manutenção das atividades educacionais. “O Governo está devendo do ano passado quatro repasses da merenda, do pagamento dele, da parte dele que eles têm que repassar para as escolas do ano passado de 2018”, relatou.

O início do ano letivo das escolas estaduais está marcado para a próxima segunda-feira (11), porém, as coordenadorias não possuem recursos, até o momento, para a compra dos alimentos utilizados no preparo da merenda. “Vai iniciar com merenda esse ano, mas porque a Seduc autorizou comprar fiado. Nós vamos fazer fiado, mas não tem dinheiro. Não mandaram dinheiro para merenda esse ano, não mandaram dinheiro para nada”, afirmou Dimas.

Segundo o presidente do Conselho, os repasses do Governo devem acontecer somente no mês de março, assim como na gestão de Pedro Taques (PSDB), os atrasos à Educação parecem ser uma situação cotidiana. “É sempre assim, nunca a educação é prioridade, é a mesma coisa, continuidade do que vinha no outro governo”, pontuou.

Além disso, o capital que foi depositado esse ano não pode ser utilizado por nenhum diretor, pois o serviço de cartório ainda não foi efetivado, sendo assim, fica impossível emitir a autenticação necessária para os bancos liberarem as contas e, consequentemente, os diretores realizarem as compras.

Sem o repasse dos recursos financeiros, os alunos devem iniciar o ano letivo sem merenda e sem materiais pedagógicos para as aulas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(9) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

João Marcus - 27-02-2019 17:30:26

Massss o importante é que todos vão cantar o hino e ficar recitando a frase do governo. Fome e falta de estrutura e professores é de menos.

Responder

1
0


alexandre - 26-02-2019 09:50:44

A merenda Gourmet da assembleia , já está garantida ao custo de 1,5 milhões.....prioridades , por favor prioridades...

Responder

2
0


jose a silva - 11-02-2019 08:26:56

É. Os incentivos fiscais são, pra lá na frente, um pouco voltar pra despesas de campanha e pros bolsos de alguns, pra salvar empresas em concordata! Alunos e despesas de merenda não contribui pra campanha de ninguém! Ou acham que o grupo BIPAR saiu da insolvência financeira, por competência de seus administradores? Lá pelos idos de 2002 tinha um assim, quase quebrando e hoje é dos mais ricos do Brasil! Esse quer chegar lá, as custas do funcionalismo, e do povo de MT! SAÚDE? NADA! SEGURANÇA? NADA! EDUCAÇÃO? NADA! INFRA ESTRUTURA? NADA! POVO? NADA! AMIGOS DO REI? TUDO!

Responder

10
0


Ademilso gomes de almeida - 10-02-2019 06:47:18

As crianças tem que ir pra escola pra estudar não pra comer merenda!

Responder

0
19


Edevaldo Figerno - 10-02-2019 06:45:48

Eu acho que esse aí nem vai fazer nada pois aí só sabe reclamar do governo passado como se não soubesse como estavam as finanças do estado. Falar ele fala muito mais fazer que é bom não consegue

Responder

10
3


Eva - 10-02-2019 06:43:51

E AS CRIANÇAS NÃO VÃO SÓ PRA COMER....NAO! E DEVER DE TER MERENDA PARA ELAS. SACO VAZIO NÃO PARA EM PÉ! NEM TODOS TÊM!! PÕE A MÃO NA CONSCIÊNCIA!

Responder

13
0


Nelso - 08-02-2019 22:50:09

Esse Gov é muito covarde

Responder

18
0


Fil - 08-02-2019 22:26:53

Muvuca, faz uma reportagem sobre a a não contratação de servidores para educação pro início do ano letivo. Algumas escolas estão com apenas uma merendeira e um servidor para limpeza em escola com mais de 600 alunos só no período matutino. Irresponsabilidade da secretária de educação e do Mauro Mente

Responder

20
0


Oneide Guimarães - 08-02-2019 20:31:33

Essa semana nosso governador se esforçou bastante para ser pior que o anterior. Proibiu professores de comer merenda, não quis pagar instrutores do curso da PM, e agora cortou até merenda das crianças. Isso depois de uma notícia acachapante de que ele deu incentivo para os empresários milionários das lojas de eletrodomésticos. Pra que tanta maldade, meu senhor?

Responder

23
0


9 comentários

coluna popular
Toninho tentou ser deputado e conseguiu suplência
O social democrata quer iniciar campanha
Ex-deputados fazem interlocução entre governo e AL
Ele afirma que o gestor esqueceu Várzea Grande
Dilemário critica a extinção do Peixe Santo

Últimas Notícias
20.04.2019 - 16:02
20.04.2019 - 15:38
20.04.2019 - 15:25
20.04.2019 - 11:30


Blairo Maggi

Pedro Taques

Nelson Barbudo

Júlio Campos

Nenhum deles

Adilton Sachetti

Francis Maris

Procurador Mauro

Sebastião Carlos

Gisela Simona

Carlos Fávaro

José Medeiros

Aladir



Informe Publicitário