Custo de retomada de obras do novo hospital salta para R$ 240 milhões | MUVUCA POPULAR

Sábado, 24 de Agosto de 2019

GOVERNO Segunda-feira, 12 de Agosto de 2019, 18h:30 | - A | + A




Parada há 6 anos

Custo de retomada de obras do novo hospital salta para R$ 240 milhões

Valor inicial para conclusão era de R$ 86 milhões


redacaomuvuca@gmail.com

Nesta segunda-feira (12), a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) discutiu, em audiência pública, a retomada das obras do novo Hospital Universitário Júlio Müller, que estão paradas há quase seis anos e deveriam ter sido concluídas até janeiro deste ano.

Segundo o senador Wellington Fagundes (PL), presente no debate, o Estado possui o montante de R$ 85 milhões parados em seu caixa para a conclusão da construção, proveniente de uma parceria realizada entre a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o Ministério da Educação e Cultura (MEC) e o Executivo estadual.

O convênio entre a União e o Estado firma a responsabilidade de cada parte arcar com 50% dos custos da obra, no entanto, devido ao desleixo dos governantes de Mato Grosso, a obra foi paralisada em 2012 e nunca mais retomada.

O novo HJM foi iniciado em dezembro de 2012, gestão do ex-governador Silval Barbosa, e seu contrato inicial indicava o valor de R$ 86 milhões, porém, ao ser reavaliada no modelo Regime Diferenciado de Contratação Presencial (RDCI), a obra deve custar cerca de R$ 240 milhões.

A UFMT encaminhou à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) a nova planilha orçamentária para ser avaliada. Caso seja aprovada, o prazo mínimo de conclusão da obra é de 36 meses, após a nova licitação ser emitida.

O Hospital Universitário deve contar com 250 leitos, 23 unidades de Terapia Intensiva para adultos, 16 pediátricos e 20 neonatal, 26 leitos de pré-atendimento, farmácia, laboratório, seis salas de cirurgia, clínicas em diversas especialidades.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Paquetá - 13-08-2019 07:28:17

De R$ 86 para R$ 240 tem uma diferença de R$ 154. Daí tira uns R$ 100 para terminar a obra e sobra R$ 54 pra dividir! Tudo isso são em milhões!

Responder

3
0


Luciano - 13-08-2019 21:12:39

Não tem inflação que demonstra esse valor.... vai ser roubo mesmo

Responder

0
0


Carlos Nunes - 12-08-2019 19:18:52

O Hospital Júlio Muller é Hospital Universitário, pertence à UFMT. Não sei quem teve essa ideia de jerico de dar contrapartida do Estado...devia ser construído só com verba federal. Seis anos atrás quem governava o pais era tia Dilma...ela devia ter mandado todo o dinheiro pra construir o Hospital. Esse Hospital tem que ter verba do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, que comanda a UFMT...e forma médicos, enfermeiros, que fazem estágios e "residência", nele. A seis anos atrás, o governador era tio Silval...Hospital Júlio Muller tem que ser um Hospital Federal, pois não tem nenhum em Mato Grosso, ou tem? Governo Federal é o primo rico...Estado é o primo pobre. Será que ainda tem os 85 Milhões em Caixa como menciona esta matéria? Dizem que esse dinheiro já foi desviado pra outras finalidades, faz tempo. Ou não?

Responder

4
0


3 comentários