Rota em Movimento ocupa praça Santos Dumont com arte urbana e regional nesta sexta-feira (11) | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

GOVERNO Sexta-feira, 11 de Outubro de 2019, 18h:00 | - A | + A




Rota em Movimento ocupa praça Santos Dumont com arte urbana e regional nesta sexta-feira (11)

Com entrada gratuita, o projeto foi aprovado em edital FUNDO/2019 na categoria Artes Visuais Coletivas


redacaomuvuca@gmail.com

Arte ao vivo, gastronomia regional e alternativa, música autoral. O “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” chega em sua versão Cuiabá 300 anos para ocupar a praça Santos Dumont nesta sexta-feira (11), a partir das 19h30, com entrada gratuita. O projeto foi aprovado em edital FUNDO/2019 na categoria Artes Visuais Coletivas. Ao todo, serão 10 artistas envolvidos no festival.

Em sua 6ª edição, o “Rota em Movimento-Street Art Cuiabá” passa a ser coordenado pelo Urbe Coletiva. O projeto foi um dos vencedores do edital do Fundo Municipal de Cultura de 2019 dentro do Segmento de Artes Visuais Coletivas.

“A transição para o Urbe Coletiva foi um processo natural. No início do Movimento Rota adquirimos experiências, juntos de pessoas que queriam fazer a diferença. Mas o cenário daquela época era diferente do que é o de hoje, e buscando melhorias e expansão do projeto, agregamos o Rota em Movimento ao Urbe Coletiva”, relata André.

A cidade como uma tela a ser pintada e ocupada, arte urbana manifestada em forma de cultura que emerge do povo. Por meio do projeto Rota em Movimento, a praça Santos Dumont recebe os arteiros: Anna Flavia Art, Pedro Henrique Ferreira Alves, Judite Botega, Leandro Kelven, Bruna Da Silva Ferreira, Lagarto, Jhon Abyss, Jean Siqueira (SIQ), André Gorayeb (GORA), Nágila Martins (Naah Cotrim) e Lua Brandão (Boneco de Osso). Já a programação musical fica por conta dos músicos Augusto Krebs (A.K.), Pedro Oleare, Caio Mattoso e Bicha Sound System.

Um dos organizadores do evento Carlos Awire fala sobre a importância da valorização da cultura regional por meio da conquista de espaço dos artistas da terra na cena cultural da cidade. “Pedro Oleare, Augusto Krebs (A.K.) e Caio Mattoso são músicos que se destacam no cenário musical de Cuiabá pela criatividade de suas composições e a qualidade das apresentações, nos mais diversos palcos da capital”, declara.

A discotecagem da noite é do artista Jan Moura, que fará uma prévia do seu trabalho Bicha Sound System. Segundo ele, o objetivo do projeto é fazer-se um espaço de encontro com ambiente mais despojado, onde as pessoas possam dançar livremente e se expressar da maneira que acharem melhor.

“O Bicha Sound System faz parte de um projeto que venho pesquisando há um tempo. São músicas que partem de uma sonoridade que estão fora do mainstream. A minha discotecagem é com artistas LGBT que tenha um som mais engajado, que falam sobre o corpo LGBT, assim, como de outras causas sociais. E por se tratar de uma festa eu procuro músicas com aspecto mais dançante não sendo somente funk, mas, também vamos de lambadão, rasqueado, tecnobrega queremos trazer essas sonoridades que realmente nos interessa, porque, são sons que habitam o nosso imaginário”, fala o DJ.

O Movimento Rota nasceu em 2015 para ocupações dos espaços públicos urbano, onde os cuiabanos pudessem consumir cultura e também promover artistas. Ao longo dos anos possibilitou aos artistas visuais, músicos, fotógrafos, poetas e escritores um espaço cultural em Cuiabá. O evento também serviu para fomentar esse mercado pouco explorado. Atualmente alguns desses artistas que participaram das edições anteriores encontram-se em lugares de destaques no cenário nacional. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários