Igreja Batista Getsemâni

PT convoca manifestações em apoio ao ex-presidente Lula

Redação

 

Com a nova condenação proferida ao ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Partido dos Trabalhadores convocou movimentações em apoio à Lula em todo o Brasil. Em Cuiabá, a “Plenária Lula Livre” ocorreu nesta quinta-feira (7).

“O PT convoca a população para a realização de manifestações em defesa da democracia e em apoio a Lula, alvo de uma nova condenação sem provas e por razões políticas imposta pela Lava Jato, mais uma vez, Lula é condenado sem provas. O presidente que mais fez pelo povo brasileiro hoje é preso político, refém de um Judiciário que rasga a lei diariamente para manter em cativeiro aquele que teria sido eleito novamente pelo povo. Vamos à luta, vamos às ruas!", dizia a mensagem de convocação.

Lula, foi novamente condenado pela Operação Lava Jato, na quarta-feira (6). A segunda sentença determinou que o ex-presidente cumpra 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, no processo nomeado do Sítio de Atibaia.

Segundo manifestantes do PT e do PCdoB, a decisão foi injusta e deve ser revista. Para os militantes, a primeira condenação foi uma estratégia utilizada para que Luiz Inácio não ganhasse as eleições de 2018.

“Cabe a direção do PT e seus mandatos diversos nos espaços de poder, entender que para a defesa de Lula Livre, significa romper com o processo de adaptação das instituições podres do Estado, que serviram de instrumento para sua prisão. Leia-se, portanto, o congresso nacional. É nítido que a constituição federal não vale ao presidente Lula”, disse o coordenador estadual e membro do Conselho Nacional da Juventude Revolução de Cuiabá, Leonardo Rondon.

O estudante também acrescentou que a sentença proferida é sem fundamento e baseada em convicções políticas. “A sentença condenatória proferida pela juíza Hardt é mais uma prova de que não encontram em Lula provas dos seus crimes. Sua condenação é baseada em convicções pessoais totalmente mergulhadas de posição ideológica”, concluiu.

 Comitê Lula Livre em Cuiabá (07/02)

Condenação

Lula, que está preso desde abril do ano passado, cumpre 12 anos e 1 mês determinado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), pelo juiz Sergio Moro.

Nesta quarta (6), a sentença da juíza Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condenação que Lula recebe na Operação Lava Jato. Ele foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá, e agora, pelo sítio em Atibaia.   


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br