Igreja Batista Getsemâni

Janaína pressiona para que Botelho se candidate à vaga do TCE

Redação
Redação

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), afirmou em entrevista que sonha em ocupar uma vaga como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), porém sua prioridade agora é consolidar os trabalhos na ALMT.

“Tenho o desejo de ir para o Tribunal de Contas, mas primeiro quero me consolidar aqui dentro, e conhecer melhor os deputados”, enfatizou Botelho.

O presidente da mesa diretora tem sido pressionado pela sua vice, a deputada Janaína Riva (MDB), para concorrer à vaga. Se Botelho for escolhido, a deputada passa a comandar a Assembleia Legislativa.

Porém, Botelho declarou que continua na AL e informou que já existem três pessoas interessas na vaga do TCE: o promotor Mauro Zaque, e os deputados Guilherme Maluf (PSDB) e Sebastião Rezende (PSC).

“Já disponibilizaram os nomes os deputados Guilherme Maluf e Sebastião Resende. E alguns deputados também querem indicar o promotor Mauro Zaque. São bons nomes e podem aparecer alguns outros”, afirmou.

Botelho também informou que espera uma comunicação oficial do STF, sobre a disponibidade da vaga, que pertencia a Humberto Bosaipo, para assim, dar sequência aos ritos internos e escolher o novo conselheiro do TCE.

“Primeiro temos que ser comunicados oficialmente, pois ainda não fomos. Nós temos um rito para fazer aqui dentro, como passar pela Comissão de Constituição e Justiça para analisar os documentos, fazer uma análise da vida da pessoa, para que o colégio de líderes e o plenário possa decidir isso com maior tranquilidade, sabendo que está escolhendo uma pessoa que tem capacidade de estar lá. Este é um rito que nós estamos criando aqui, e que na terça-feira (12) deve ser concluído e publicado”, esclareceu.

A vaga para conselheiro do TCE estava disponível desde 2014, após renúncia do ex-conselheiro Humberto Bosaipo, mas foi bloqueada por uma liminar do STF a pedido da Associação dos Auditores de Contas (Audicon).

Contudo, na última semana, o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, destravou a pauta e liberou para que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso indique um novo conselheiro.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br