Igreja Batista Getsemâni

Em MT, produtores investem em crotalária na safra

G1

A soja só começa a ser cultiva em setembro, mas produtores da região sudeste do estado já investem com tratamento do solo, com o objetivo melhorar a produtividade. Para isso, em vez de milho, muitos estão apostando no cultivo da crotalária, que além de proteger o solo, faz o controle de nematóides.

Em uma propriedade rural de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, os proprietários conseguiram melhorar a produtividade de soja, depois de investir no cultivo de crotalária como segunda safra.

De acordo com o gerente Everton Appelt, além de reduzir a população de nematóides, a crotalária, por ter raízes longas, consegue buscar nutrientes na parte mais profunda do solo e trazê-los à superfície, fazendo com que o solo fique mais rico para a semeadura da soja.

 “Os nematóides são vermes que atacam a lavoura e atrapalham o desenvolvimento da planta. No caso da soja, ele interfere diretamente no índice de produtividade”, explicou.

Para garantir que a cobertura do solo também seja rica em palha, a fazenda apostou no consórcio entre crotalária e braquiária.

“A crotalária tem pouca palha e, como o objetivo é ter palha para forrar o solo nas áreas mais arenosas, também apostamos na braquiária", complementou Everton.

 

 

 

Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br