Igreja Batista Getsemâni

No seu Nariz quem manda é você

No seu Nariz quem manda é você

O Cirurgião plástico não define o que vai fazer no nariz de um (a) paciente ao seu próprio gosto. Não inclina a ponta porque “acha” que fica mais bonito.

Não emagrece a ponta porque “ gosta” de nariz com ponta mais fina. Não deixa o dorso reto ou levemente côncavo porque “imagina” que tem que ser assim. A medicina das dicotomias, é a que lida com doenças. Estar doente ou estar curado? Eis a questão. Embora a autonomia confira ao doente a escolha entre tratar-se ou não, quase sempre, não há a necessidade de perguntar ao paciente se deseja fazer determinado tratamento.

Assim que o diagnóstico é descoberto, o médico decide o tratamento adequado sem a necessidade de consulta ao paciente, afinal ´tem formação para isso.

A cirurgia plástica estética, apesar de não ser pautada pela dicotomia, possui uma variância de resultados que são oriundos da escolha do paciente. O cirurgião plástico é um prestador de serviços e, como tal, precisa escutar, atentamente, qual o desejo do seu paciente que também é um cliente.

Sem esquecer, contudo, de seus embasamentos científicos. Cabe ao cirurgião aconselhar para que, na conclusão do serviço cirúrgico, a equação do desejo do paciente e suas habilidades mentais e manuais tragam a satisfação pretendida. Quem manda é o (a) paciente, porém o especialista é o cirurgião e a cirurgia se mostrará bem-sucedida quando houver um consenso de opiniões.

Somos fascinados pela beleza exterior e desejamos sempre obtê-la através dos padrões estéticos da moda, mas esse resultado só será irretocável se você confiar na perspicácia e inteligência do seu cirurgião.

Você quer um nariz natural que combine e harmonize com o seu rosto? Escute-nos e o resultado irá surpreender-lhe positivamente.   

 

Dr. Marcos Harter é especialista em cirurgia de nariz e atua no Mato Grosso


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br