Igreja Batista Getsemâni

Sindicatos de MT participam de greve geral contra a Reforma da Previdência

Servidores devem parar suas atividades nesta sexta-feira (14)

Redação
redacaomuvuca@gmail.com

Conforme as movimentações divulgadas nessa semana, a greve geral do dia 14 contará com a presença de centrais sindicais de todo o Brasil. A maior motivação para as reivindicações, tem sido a forma truculenta escolhida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), ao tomar suas decisões no Governo Federal.

Atualmente, a Reforma da Previdência, é a pauta principal, pois ela, na visão dos sindicalistas, traz mudanças significativas e que dificultarão o acesso do trabalhador à aposentadoria.

Caso haja a reforma, a idade mínima para aposentadoria será alterada, aumentando para 65 anos para homens e 62 para mulheres. Além disso, o tempo de contribuição do trabalhador será afetado, de 15 para 20 anos.

Em Mato Grosso, cerca de sete Sindicatos aderiram ao chamado de greve e devem paralisar suas atividades na sexta-feira (14).

Veja quais são elas:   

Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso (Adunemat)

Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (Adufmat)

Servidores da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema)

Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Sinetran-MT)

Sindicato dos Trabalhadores dos Correios (Sintect)

Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público (Sintep)

Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários da Baixada Cuiabana (Sintrobac-MT)


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br