Igreja Batista Getsemâni

Servidores da Polícia Civil param atividades nesta terça contra reforma da Previdência

Categorias se reuniram na semana passada para votar a adesão

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

 

Em adesão ao movimento nacional que protesta contra a reforma da Previdência, investigadores e escrivães da Polícia Civil de Mato Grosso vão paralisar as atividades nesta terça-feira (25).

As categorias se reuniram na semana passada para votar a adesão. Na sede do Sindicato dos Investigadores de Polícia (Sindepol-MT), cerca de 200 profissionais votaram em participar do movimento, que segundo a presidente Edleusa Mesquita, mostra uma preocupação da categoria em debater a reforma.

Já no Sindicato dos Escrivães de Polícia (Sindespojuc), a adesão foi feita também durante assembleia, já que os profissionais entendem que a reforma pode resultar na perda de direitos já conquistados caso o texto seja aprovado sem emendas.

A paralisação tem caráter nacional e foi convocada pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), que em nota informou que a paralisação se deve ao tratamento de descaso à categoria.

Além do dia de paralisação, a confederação convocou as entidades filiadas para uma manifestação da área da Segurança Pública contra a PEC da reforma, que está marcada para o dia 02 de julho, em Brasília.

“Quem não se informa, se conforma com qualquer reforma”, diz trecho da nota da Cobrapol, assinada pelo presidente André Luiz Gutierrez.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br