Igreja Batista Getsemâni

Bolsonarista que matou engenheira agrônoma é preso em Sorriso

Após perseguir carro da jovem, Jackson Furlan realizou disparo

Redação
redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

4341668e839067119439dff47f10d4f9.jpg

Jackson se irritou com a lentidão do carro e disparo atingiu a cabeça de Julia Barbosa de Souza

Um crime bárbaro chocou a população de Sorriso (aproximadamente 398km de Cuiabá) na madrugada do sábado (9). O jovem Jackson Furlan, 29 anos, disparou contra o carro de engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza, 28, após realizar uma perseguição pela cidade. O tiro atingiu a cabeça da jovem, que não resistiu e morreu.

O assassino se entregou, acompanhado do advogado, no final da tarde de domingo (10). Um mandato de prisão preventiva foi expedido, e Jackson passa por uma audiência de custódia nessa segunda (11). Segundo o delegado André Ribeiro, o acusado estava com pressão e queria fazer uma ultrapassagem em uma avenida que não permite. Irritado com a lentidão do carro de Julia, que estava com o namorado dirigindo, Jackson iniciu uma perseguição pela cidade. Câmeras pela cidade também registraram o fato.

O casal tentou fugir da perseguição e despistar o suspeito. Um único disparo foi feito, que atingiu a lateral da cabeça da jovem. Não houve discussão entre os motoristas ou qualquer indício de motivo para o crime. Jackson não tinha antecedentes criminais. Segundo o delegado do caso, faltam poucos dias para terminar o inquérito e encaminhá-lo ao Ministério Público, e que a autoria do crime já está provada.

A caminhonete do assassino estampava adesivo do presidentee Jair Bolsonaro, que prega o uso de armas de fogo e incita a violência através de gestos como o da arminha. 


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br