Igreja Batista Getsemâni

Mulher acusada de matar o marido e enrolar corpo em tapete da sala passa por júri popular

G1 MT

Raimunda Ferreira Seriano, de 50 anos, passa por júri popular nesta segunda-feira (10), acusada de ter assassinado o marido em junho de 2018, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Os advogados de Raimunda, Thiago Rannieri e Renato Henrique Carneiro afirmaram que não há provas de que ela seja a assassina.

“Ela foi denunciada por duas testemunhas apenas. Não há prova nenhuma no processo, não há quebra de sigilo telefônico, digitais no local do crime”, disse Renato.

 
O corpo de Paulo Sérgio foi encontrado com os pés e as mãos amarrados e enrolado no tapete da sala na casa dele, em Rondonópolis — Foto: TV Centro AméricaO corpo de Paulo Sérgio foi encontrado com os pés e as mãos amarrados e enrolado no tapete da sala na casa dele, em Rondonópolis — Foto: TV Centro América

O corpo de Paulo Sérgio foi encontrado com os pés e as mãos amarrados e enrolado no tapete da sala na casa dele, em Rondonópolis — Foto: TV Centro América

O corpo do missionário Paulo Sérgio Soares Seriano, de 49 anos, foi encontrado em uma casa, no Bairro Jardim Liberdade.

 

Paulo pregava em uma igreja evangélica no Bairro Jardim Buriti.

Ele teria sido asfixiado com a própria gravata. A principal suspeita, segundo a polícia, é a mulher da vítima. Ela teria confessado o crime ao genro dela.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br