Igreja Batista Getsemâni

Vereador Abílio tem sua primeira derrota contra o pedido de cassação

Juiz negou pedido para anular decisão da Comissão de Ética

Helena Corezomaé / Do local Beatriz Saturnino
redacaomuvuca@gmail.com

 

O vereador Abílio Junior (PSC) teve sua primeira derrota na Justiça contra o pedido de cassação do seu mandato. Segundo o presidente da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá, Toninho de Souza (PSD), o pedido feito por Abílio para anular o relatório que recomenda a perca do seu mandato foi negado pelo juiz Murilo Moura Mesquita.

“Ele entrou com um Mandato de Segurança contra a Comissão de Ética pedindo a nulidade do processo na 2º Vara da Fazenda Pública, e isto seus advogados não falam, mas o juiz Murilo Moura Mesquita indeferiu o pedido do vereador e do seu ‘competente’ advogado”, declarou na tribuna da Câmara nesta terça-feira (18).

“Abílio já perdeu a primeira ação na Justiça contra o trabalho da Comissão de Ética. A primeira derrota não foi nem aqui na Câmara Municipal foi lá na Justiça onde ele queria parar o trabalho da Comissão de Ética”, acrescentou.

O parlamentar também aproveitou para alfinetar o advogado de Abílio, Carlos Rafael, que fez vários vídeos chamando a população de Cuiabá para se manifestar na Câmara de Cuiabá contra a corrupção, mas, segundo o vereador, foi ‘escorraçado’ do PROCON, pela prática de corrupção e propina.

“Carlos Rafael por exemplo, eu vi um vídeo dele hoje, ele está aqui, que me desculpe Carlos Rafael, mas é piada. Falar de combate a corrupção, que em nome da família tinha que vim para combater a corrupção. Este rapaz saiu do PROCON enxotado pois foi acusado pela pratica de corrupção e propina no PROCON. O processo está dentro do Ministério Público Estadual (MPE)”, lembrou.

Toninho de Souza também enfatizou que está pronto para dar seu voto no processo de cassação de Abílio, que após ter seu relatório aprovado na Comissão de Ética será votado pelos vereadores de Cuiabá.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br