Igreja Batista Getsemâni

Sindicato cobra testagem em massa de funcionários da SEMA

Servidores com Covid-19 desempenhando trabalho presencial

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

Foto por: Christiano Antonucci/Reprodução

Foto por: Christiano Antonucci/Reprodução

Foto por: Christiano Antonucci/Reprodução

Sema MT

 Foto: Reprodução

Após denúncias, sindicato dos Servidores Públicos da Carreira dos Profissionais do Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso (SINTEMA), exige posicionamento da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (SEMA). A acusação seria que servidores da SEMA, que testaram positivo para o Covid-19, estariam realizaram trabalhos presenciais na sede em Cuiabá. Deste modo, o presidente do SINTEMA, Germano Passos, sugere que seja realizada a testagem em massa dos servidores da instituição.

De acordo com o presidente da SINTEMA, apenas alguns trabalhadores da pasta estão no formato de teletrabalho e outra grande parte deles desenvolve as atividades em modo de revezamento no prédio da SEMA, ainda aquelas funções que não se enquadram nos decretos Estadual e Federal como essenciais.

“Queremos que a secretaria faça a testagem de todos os servidores que também estão na linha de frente para o desenvolvimento do Estado e no combate ao crime ambiental, principalmente contra o desmatamento ilegal que cresce no Estado”, reivindica Germano.

Passos, disse ainda que os servidores estão abandonados pelo Governo. Segundo ele, o trabalho desenvolvido pelos profissionais além de ser em situações nocivas, não contam com o apoio financeiro que deveriam ter.

“Estamos esquecidos pelo governo, que além de não cumprir os reajustes estabelecidos na nossa Lei de Carreira, temos que trabalhar em meio a diversas situações, como mobiliário antigo e alguns quebrados e em péssimas condições e ainda com diárias insuficientes para cobrir a estadia e alimentação em viagem, tendo o servidor que pagar a diferença com recursos próprios para realizar o trabalho e agora correndo riscos de contaminação da Covid-19”, alerta o sindicalista.

No dia 24 de junho o Sindicato enviou um ofício para SEMA e a Casa Civil, solicitando esclarecimentos quanto ao funcionamento da instituição durante o decreto de Lockdown, também foi pedido informações sobre o estado dos servidores doentes, afastados por conta da Covid-19, bem como a testagem em massa dos funcionários.  


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br