Igreja Batista Getsemâni

Eleitor grava presidente da Câmara de Cuiabá comprando votos

Confira o vídeo

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

Misael terça.jpg

 

O presidente da Câmara de Cuiabá, o vereador Misael Galvão (PTB), candidato à reeleição nas eleições deste ano, foi gravado em vídeo tentando comprar os votos de eleitores através de seus assessores.

Em vídeo divulgado nas redes sociais é possível ver a negociação entre os assessores do parlamentar, onde um seria o Sandro,  coordenador da campanha de Misael, e moradores.

Conforme a negociação gravada em vídeo, com mais de oito minutos, seria pago em dinheiro R$250 para cada cidadão que colocasse a placa de Misael em sua residência, que pagaria o valor toda segunda-feira.

A negociação também garantia dinheiro e gasolina para os moradores que adesivassem os seus veículos com a logo do presidente da Câmara de Cuiabá.

No vídeo, o homem (não identificado), que estaria recrutando as pessoas para receber o valor, também questiona se ele receberia um valor maior que os outros moradores e o assessor afirma que verificaria com Misael.

Os assessores também negociam o dia do pagando, ressaltando que não poderiam gerar tumulto para não chamar atenção.

Everton sabado.jpg

 

A denúncia foi publicada nas redes sociais de Everton Lisboa, que no seu perfil no Facebook, demonstra apoio a Renato Anselmo (PTB) para vereador nas eleições deste ano.

Compra de votos

A compra de votos é ilícito eleitoral e o candidato pode ser punido com a cassação do registro ou do diploma do candidato e multa, de acordo com o artigo 41-A da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), e inelegibilidade por oito anos.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br