Igreja Batista Getsemâni

A derrocada dos institutos fraudulentos de pesquisas

As ações pouco republicanas destas empresas foram a piada

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução / Veja

Reprodução / Veja

Reprodução / Veja

Urna Eletrônica

Foto: Reprodução

No calor das eleições municipais deste ano, em Cuiabá ainda em efervescência de um segundo turno, um fato notório foi motivo de judicializacões constantes e contestações de dados que beiravam a insanidade... As ações pouco republicanas destas empresas foram a piada e o alerta destas eleições.

Como exemplo, na cidade de Lucas do Rio Verde, dados divulgados por conhecidos institutos foram tão parciais que cometeram erros primários revelando sua pouca ou nenhuma credibilidade na aferição das intenções de votos no município...

Somatórias percentuais mostravam nas totalizações universos de 120%, se não erro primário, pura picaretagem.

A justiça mais alerta que nunca foi implacável e o mercado não perdoará, no futuro político do Estado estas ilações compradas, dirigidas e tendenciosamente desonestas.

Gazeta sendo Gazeta nas eleições e outros emergentes institutos, já se tornaram lugar comum, que dessa vez, foram tão gritantes, que suas pesquisas dirigidas de já inexistente credibilidade foi para os 7 palmos destinados a mortos sem choros, viúvas ou homenagens.

Não se pode mais compactuar com essas empresas de origem e procedência dúbia, anti profissional e prejudiciais à democracia... O próprio mercado as extingue deixando de comprar seus produtos e serviços. É o que se espera.

A justiça eleitoral está de parabéns.

Aos perdedores institutos, só nos resta lamentar... E dar grandes risadas.

Que venham eleições e políticos sérios assim como todos os serviços que os acompanham.

E torçamos para que os eleitos façam excelentes administrações.

Coordenação da Campanha Vitoriosa de Lucas do Rio Verde-MT


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br