Igreja Batista Getsemâni

Com UTIs quase em colapso, prefeitura decreta toque de recolher em município

Medida valerá por no mínimo 10 dias

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

Reprodução

Reprodução

comércio roo.jpg

 

Com a alta expressiva nos casos e mortes pela Covid-19, a prefeitura de Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá) decidiu na tarde desta quinta-feira (25) por implantar mais uma vez o toque de recolher na cidade. A medida começa a valer nesta sexta-feira (26) e os munícipes não poderão sair na rua no período que vai entre 22h e 5h da manhã. A nova mudança será oficializada por meio de um novo decreto e valerá por no mínimo 10 dias.

De acordo com as informações da gestão, a decisão foi tomada após uma reunião realizada com o Comitê da Gestão de Crise do Coronavírus. As restrições serão aplicadas principalmente pelo fato de que a cidade tem hoje uma lotação de quase 100% nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo que esses dados foram repassados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Além de “barrar” o trânsito das pessoas no horário estipulado, outras medidas também serão aplicadas pela gestão, a fim de que seja diminuído o contágio. Bares, restaurantes, igrejas e outros tipos de estabelecimentos só poderão comportar 30% da ocupação total geralmente disponível.

Durante o período em que vigorar o toque de recolher na cidade, apenas pessoas que trabalham em serviços essenciais poderão transitar no “horário proibido”.

Até o momento, Rondonópolis já registrou 19.805 casos confirmados de Covid-19, sendo que 334 estão ativos e foi-se registrado 492 óbitos. A prefeitura já conseguiu vacinar 8.545 rondonopolitanos.


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br